Portugal
"FC Porto deliberadamente prejudicado. Tenho ideia do que estou a dizer"
2021-02-11 13:25:00
Dirigente do FC Porto não poupa arbitragens nos jogos dos dragões

O FC Porto não desce o tom das críticas e agora é Pedro Marques Lopes, membro do Conselho Superior dos dragões, eleito no último ato eleitoral na lista de Pinto da Costa, a dar corpo à indignação que reina nos nortenhos e com uma acusação grave.

"O FC Porto foi deliberadamente prejudicado e eu tenho muito cuidado e estou a ser muito ponderado a dizer isto porque tenho perfeitamente ideia daquilo que estou a dizer", admitiu o dirigente dos azuis e brancos, justificando as suas palavras.

"O senhor árbitro, das duas uma, ou não conhece a lei ou quis fazer aquilo. Portanto, ou é deliberadamente ignorante ou quis deliberadamente prejudicar o FC Porto", acusou Pedro Marques Lopes, indicando que a razão está do lado portista no caso da expulsão de Luis Díaz.

"Se virmos todos os analistas de arbitragem, em relação ao lance [expulsão de Luis Díaz] há unanimidade total", alude Pedro Marques Lopes, dizendo ainda que o "problema" já se vai arrastando há algum tempo na arbitragem nacional.

"O problema não foi o jogo de ontem que foi recheado. O problema é que o FC Porto tem tido lances que me custam dizer que são coincidências. O FC Porto foi altamente prejudicado contra o Benfica por questões disciplinares. O FC Porto no jogo da Belenenses SAD, bom, é quase patético abordar esse jogo, porque é das coisas mais absurdas que vi na minha vida", comentou o membro dos corpos sociais portistas.

Em declarações na Antena 1, Pedro Marques Lopes deixou no ar algumas dúvidas. "Ou há uma incompetência generalizada, e vou aceitar que é incompetência. Mas, reparem, é só incompetência nos jogos do FC Porto? Temos uma concentração de incompetência nos jogos do FC Porto. Não posso deixar de achar estranho".

O dirigente do FC Porto compara ainda a expulsão de Luis Díaz com o lance entre Nanu e Kritciuk, há poucos dias, no Estádio do Jamor, num jogo do campeonato.

"Posso achar que no lance do Nanu o Kritciuk [guarda-redes da Belenenses SAD] não deveria ser expulso, marcado penálti. Enfim, uma análise, mas se acho isso, e como estamos a falar de critérios, não posso admitir que um árbitro expulse depois o Luis Díaz [no lance com o bracarense David Carmo] num lance trinta mil vezes mais fortuito do que aquele do Kritciuk. Se é incompetência, é muito azar do FC Porto toda a incompetência se concentrar nos jogos do FC Porto".

A respeito das arbitragens, Pinto da Costa já deu voz à revolta portista no final do jogo de Braga para a Taça de Portugal e lamentou, ao mesmo tempo, que o clube azul e branco não se possa queixar ao Governo já que a secretaria de Estado do Desporto está sem líder, dizendo que o secretário de Estado "morreu".