Portugal
FC Porto arranca defesa da Taça de Portugal no Barreiro, Benfica joga em Paredes
2020-11-21 10:30:00
Este sábado há oito partidas da 'prova rainha'

O FC Porto inicia hoje a defesa da Taça de Portugal de futebol com uma deslocação ao Barreiro para defrontar o Fabril, do Campeonato de Portugal, num dia em que o Benfica, recordista da prova, também entra em campo.

O encontro dos ‘dragões’ está agendado para as 14:30 e é esperado que o técnico Sérgio Conceição aproveite o duelo da terceira eliminatória para rodar alguns dos jogadores menos utilizados, sendo certo de Pepe e Grujic não vão atuar, mas devido a problemas físicos.

Mais tarde, às 21:15, o Benfica, que já levantou o troféu da Taça de Portugal em 26 ocasiões, atua no campo do Paredes, emblema que milita também no terceiro escalão.

Durante a semana, o uruguaio Darwin Nuñez e o alemão Julian Weigl testaram positivo ao novo coronavírus e são baixas certas na formação de Jorge Jesus.

Destaque ainda para o Sporting de Braga, que joga às 19:30 no terreno do Trofense, outro emblema que disputa o Campeonato de Portugal.

O Sporting joga na segunda-feira, com uma viagem muito curta para defrontar o Sacavenense, também do Campeonato de Portugal, no Estádio Nacional, em Oeiras.

A terceira eliminatória só fica encerrada em 03 de dezembro, com uma reedição da final de 1989/90, entre o Estrela da Amadora, agora no terceiro escalão, e o Farense, da I Liga, num jogo que terminou com a vitória dos amadorenses, no desempate por grandes penalidades.

Na sexta-feira, a ronda arrancou já com uma grande surpresa, com a União de Leiria, do Campeonato de *Portugal, a afastar o Portimonense, da I Liga, vencendo os algarvios por 1-0.

Além do afastamento do último classificado da I Liga, destaque para o Amora, igualmente do Campeonato de Portugal, que foi vencer a casa do Feirense, da II Liga, também por 1-0, enquanto o Gil Vicente, do primeiro escalão, seguiu em frente, mas só depois do desempate por penáltis (4-2), depois de igualdade a 0-0 com o Oleiros, outra formação do terceiro escalão