Portugal
“Estatisticamente falando, foi uma época ótima para mim”, diz Pizzi
2020-08-15 13:20:00
Jogador apontou 18 golos, tantos quantos Vinícius, e fez 13 assistências

Pizzi foi eleito o melhor jogador da I Liga pelo Maisfutebol e, no âmbito dessa distinção, concedeu uma entrevista àquele jornal, onde abordou a temporada passada, as perspetivas para a próxima época – já com a pré-eliminatória da Champions a aproximar-se –, e também os novos reforços, um dia depois de oficializados Everton Cebolinha, Jan Vertonghen e Luca Waldschmidt.

“A temporada passada não correu da melhor maneira, mas, a nível individual, estatisticamente falando, foi uma época ótima para mim. O que eu quero é sempre mais, dar o meu máximo em prol do Benfica. Se puder repetir, ótimo. Espero que coletivamente a próxima época seja melhor do que a anterior”, realçou, em declarações àquele jornal.

O médio está otimista e acredita que o Benfica conseguirá recuperar o título perdido para o FC Porto. “O importante é estarmos de cabeça tranquila, dar o máximo, diariamente. Se todos o fizermos, conseguiremos uma boa época e no final estaremos todos a sorrir”, afirmou.

Numa antevisão da pré-eliminatória da Liga dos Campeões, que o clube encarnado disputa em setembro, Pizzi destaca a importância de começar a vencer, até porque há muitos milhões em jogo, no caminho dos não campeões, rumo à Champions.

“Estamos muito conscientes de que é um jogo importante, porque vale uma entrada da Liga dos Campeões. Ainda faltará um play-off, mas para estarmos lá temos de vencer esta eliminatória. Todos nós e o próprio clube merecemos estar na Liga dos Campeões. Só o facto de haver uma mão muda tudo, mas temos de estar fortes, estar preparados e certamente vamos sorrir”, referiu.

Sobre os reforços, muitos elogios para Cebolinha: “O Everton já o tinha visto jogar no Brasil. Quando o Jorge Jesus estava no Flamengo já o via jogar. E muito forte no um contra um, no último terço, no encarar o adversário e acho que vai ser um bom reforço para nós. Pode fazer a diferença. O campeonato brasileiro é diferente, mas acho que vai ser um ótimo reforço”.

Relativamente ao defesa-central belga, Pizzi destaca a experiência. “Toda a gente conhece quem é o Vertonghen. Vai acrescentar muita experiência e qualidade na saída de bola. Pode ser muito importante para nós em termos de balneário”, destacou.

O médio do Benfica confessa que tem pouco conhecimento sobre as potencialidades de Waldschmidt, mas uma conversa com outro alemão permitiu saber o mais relevante: “Falei com o Weigl, que me disse que era um ótimo jogador”.

Pizzi também dedicou uma palavra a Helton Leite, que “fez uma excelente temporada no Boavista”, e aos brasileiros Pedrinho e Gilberto.

“Já mostraram muita qualidade. O campeonato português é diferente, mas eles já estão muito alinhados com o nosso balneário e com a cultura portuguesa”, concluiu.

Tags: