Portugal
"Está-se a subestimar muito os adeptos do Sporting", critica Amorim
Redação
2021-03-12 16:55:00
Técnico leonino feliz com notícias que dão conta do eventual regresso dos adeptos aos estádios em breve

Rúben Amorim está a contas com um processo movido pela Comissão de Instrutores da Liga, na sequência de uma queixa apresentada pela Associação Nacional de Treinadores de Futebol (ANTF) mas acabou de ser eleito o treinador do mês precisamente numa votação da Liga.

Questionado se sente que existe solidariedade por parte dos seus pares após este processo, Rúben Amorim diz que percebe que "cada um tem a sua opinião".

"A Liga recebeu uma queixa e tem que ser feita a acusação. Depois, lá entenderão o resultado a dar. Quem votou em mim foram os colegas de profissão, e agradeço".

O técnico verde e branco lembrou que Portugal vive em "democracia". "Há uma queixa, tem que ser avaliada e feita uma acusação. Depois, vamos resolver no momento certo e no sítio certo", comentou Amorim, já depois de abordar o tema da queixa onde é acusado de alegada "fraude", num caso que poderá valer uma condenação do treinador com pena de suspensão da atividade por um período de um a seis anos.

O treinador do Sporting aproveitou a conferência de imprensa de lançamento do duelo frente ao Tondela para destacar ainda que está satisfeito com as notícias que dão conta de um possível regresso dos adeptos às bancadas.

"Está-se a subestimar muito os adeptos do Sporting. São uma grande força do Sporting, não são uma fraqueza", referiu Amorim, desvalorizando os comentários a respeito de um crescimento do Sporting a nível desportivo com a ausência de público nos estádios.

Amorim diz que a equipa verde e branca "demonstrou uma forma de estar em campo na qual os adeptos se reveem" e por isso gostaria de os ter junto do plantel.

"Iriam dar uma resposta muito diferente daquela que as pessoas pensam. Precisamos muito deles", salientou o treinador, lembrando que "ainda falta muito campeonato".

"Ao contrário do que todos pensam, o adeptos vão ajudar muito esta equipa, e não o contrário", comentou Rúben Amorim, nesta sexta-feira, em conferência, onde negou que Ronaldo esteja nos planos do leão.

"Não faz sentido nenhum. É jogador da Juventus, é um grande jogador, está num nível acima", referiu Rúben Amorim, dizendo que, em Alvalade, o projeto está montado e é "completamente diferente".

"O Ronaldo será sempre uma referência no nosso clube, terá uma academia com o nome dele mas não há nada mais do que isso".

Aos jornalistas, Rúben Amorim assegurou ainda que Cristiano Ronaldo "é jogador da Juventus" e "o Sporting está num patamar diferente". "Não faz qualquer sentido", insistiu na conferência de lançamento do embate frente ao Tondela onde o Sporting irá procurar manter pelo menos os nove pontos de vantagem sobre o SC Braga e também continuar imbatível na atual edição da prova, num encontro em que já deverá contar com o lateral Pedro Porro, que falhou a última jornada devido a lesão, enquanto o avançado Paulinho ainda continua indisponível, também por questões físicas.

"Vai recuperar mais cedo, não vai recuperar só em abril, como foi dito. Está quase pronto e faz-nos muita falta, como todos os outros", disse Amorim sobre Paulinho que não estará em Tondela onde, nas duas últimas temporadas, o Sporting saiu derrotado (em 2019-20 por 1-0 e em 2018-19 por 2-1).

O Sporting defronta o Tondela, neste sábado, a partir das 20h30, no Estádio João Cardoso, em partida a contar para a 23.ª jornada do campeonato nacional português.