Portugal
“Esta não foi uma luta perdida. Nada será como antes”, diz Noronha Lopes
2020-10-29 02:45:00
Gestor recolheu 34,71 por cento dos votos, contra os 62,59 por cento de Luís Filipe Vieira

João Noronha Lopes, candidato à presidência do Benfica que recolheu 34,71 por cento dos votos no ato eleitoral desta quarta-feira, manifestou o seu “orgulho” pelo resultado conseguido e, embora derrotado, vincou que “nada será como antes” no emblema da Luz. 

Após um discurso de agradecimento à “fantástica equipa” que o acompanhou, desde a voluntários até votantes, à família e aos benfiquistas, João Noronha Lopes revelou ter dado os parabéns a Luís Filipe Vieira e mostrou-se confiante num rumo diferente para o Benfica. 

“Esta foi uma experiência que reforçou ainda mais o meu amor pelo Benfica, porque o meu pai ensinou-me que somos benfiquistas nas vitórias, mas mais ainda nas derrotas. Por isso sinto-o hoje. Estou orgulhoso do caminho que percorremos. Fizemos tudo o que era possível para lutar por um Benfica diferente. Apesar de não ser o resultado que desejávamos, esta não foi uma luta perdida”, afirmou. 

“A tremenda adesão diz-nos que o Benfica está vivo e que ninguém pára o Benfica. A semente de um Benfica novo está plantada. Sei que, a partir de agora, muitos serão sentinelas. (...) Eu fiz a minha parte. Já tive a oportunidade de ligar a Luís Filipe Vieira para o felicitar pelos resultados, com a certeza que nada será como antes”, sublinhou. 

A terminar, João Noronha Lopes admitiu ter feito um “compromisso” com a família de que esta seria a única candidatura que faria à presidência do Benfica, deixando o futuro em aberto. 

João Noronha Lopes terminou esta quarta-feira como o segundo candidato mais votado na corrida à presidência do Benfica, com 34,71 por cento dos votos, contra os 62,59 de Luís Filipe Vieira.