Portugal
"Esta direção do Sporting não pondera vender a maioria na SAD", garante clube
2020-08-06 13:15:00
Emblema verde e branco faz esclarecimento no editorial do jornal do clube

O Sporting socorre-se do editorial no jornal do clube, nesta quinta-feira, para esclarecer alguns temas da atualidade verde e branca.

Desde logo, o clube garante que a direção presidida por Frederico Varandas "não pondera vender a maioria" que tem na SAD leonina.

O clube de Alvalade lembra que uma "decisão desta natureza, como outras, deve por decidida por todos os sócios".

Depois de garantir a segurança do I-Voting, sistema de votação, o Sporting explica ainda ter consciência do que vem sendo feito na gestão financeira e na estruturação do plantel.

"Assumimos totalmente a responsabilidade das opções que tomámos, quer na aposta na formação, quer na venda de Bruno Fernandes para assegurar a sobrevivência financeira do clube, quer nas contratações de treinadores e jogadores que fizemos (bem e mal conseguidas) mas qualquer avaliação e comparação de valor nos parâmetros que têm sido comunicados não faz sentido ou é pura demagogia", realçam os leões.

Quanto ao diferendo com a empresa Soccas (empresa de agenciamento de jogadores), o Sporting lembra que na primeira instância viu ser tomada uma decisão favorável às cores de Alvalade.

O clube tem enfrentado um diferendo com esta empresa relativamente à transferência de William Carvalho. Esta empresa entende ter direito a algumas percentagens por intermediações na contratação de Nani e nas transferências de Piccini e de William.

Tags: