Portugal
"PSP agride adeptos do FC Porto enquanto o assassino de Ficini continua livre"
2020-08-02 17:05:00
Francisco J. Marques comenta intervenção policial durante festejos pela conquista da Taça de Portugal

Uma intervenção policial, durante os festejos de alguns adeptos do FC Porto pela conquista da Taça de Portugal, motivou uma reação do diretor de comunicação dos dragões, Francisco J. Marques.

"Enquanto a polícia agredia simples adeptos do FC Porto, que só estavam a celebrar a dobradinha, o assassino de Marco Ficini continua em liberdade", escreveu o dirigente dos dragões, no Twitter.

Francisco J. Marques recordou que já passaram "mais de três anos" desde que "Luís Pina matou Ficini".

"Mais respeito, por favor", concluiu o diretor do FC Porto.