Portugal
Empate com o Benfica B deixa SC Covilhã mais perto da permanência
Redação
2021-05-08 19:15:00
Leões da serra chegam aos 34 pontos

O Sporting da Covilhã deu hoje mais um passo rumo à permanência na II Liga de futebol ao empatar 1-1 na casa do Benfica B, em jogo da 32.ª jornada da prova.

Ambos os golos do encontro foram apontados na primeira parte, sendo que as ‘águias’ se adiantaram no marcador por Henrique Araújo, enquanto do lado do conjunto serrano, que somou o seu oitavo encontro sem vitórias, Jaime foi o autor do tento da igualdade.

Com mais posse de bola, os benfiquistas entraram melhor no jogo e dispuseram de boas oportunidades para marcar em lances protagonizados por Morato (rematou sobre a trave) e Umaro Embaló (‘disparo’ forte para defesa de Léo Navacchio), aos 10 e 19 minutos, respetivamente.

Os serranos não conseguiram sacudir a pressão das ‘águias’ que, na conversão de uma grande penalidade em que o árbitro considerou que Tiago Moreira jogou a bola com o braço no interior da área, se colocaram na frente do marcador, aos 22 minutos, por intermédio de Henrique Araújo.

O 1-0 despertou de imediato o Sporting da Covilhã que respondeu com eficácia na primeira vez que chegou com perigo à baliza de Svilar. Na sequência de um canto, aos 24 minutos, o central Jaime, mais forte que os adversários, foi à área contrária cabecear com sucesso para a igualdade, resultado com que se atingiu o intervalo.

No segundo tempo, logo aos 46 minutos, o conjunto da Covilhão ficou muito perto do golo num lance em que Wendel fez um cruzamento-remate da esquerda que quase surpreendeu o guardião Svilar, que viu a bola embater no ferro da sua baliza.

Aos 49 minutos, houve um novo duelo entre Léo Navacchio e Henrique Araújo, avançado que, livre de marcação, cabeceou para uma estirada do guarda-redes a evitar que o jogador benfiquista bisasse.

Até ao final, o Sporting da Covilhã pode queixar-se da sua falta da eficácia na finalização, uma vez que não conseguiu aproveitar nenhuma das três ocas oportunidades soberanas que criou. Wendel (77 minutos) e João Cardoso (85 e 88) não conseguiram concretizar lances em que poderiam ter feito muito melhor.

Com a igualdade verificada no Seixal, o Sporting da Covilhã ocupa a 12.ª posição da tabela classificativa, com 34 pontos, enquanto o Benfica B segue tranquilo no sétimo posto, com 41.

Jogo no Benfica Futebol Campus, no Seixal.

Benfica B – Sporting da Covilhã, 1-1.

Ao intervalo: 1-1.

Marcadores:

1-0, Henrique Araújo, 22 minutos de grande penalidade.

1-1, Jaime, 24.

Equipas:

- Benfica B: Svilar, Fábio Baptista (Filipe Cruz, 82), Tomás Araújo, Morato, Godfried Frimpong, David Tavares, Rafael Brito (Diogo Mendes, 62), Luís Lopes (Martim Neto, 90+1), Umaro Embaló (Kevin Csoboth, 62), Tiago Gouveia (Jair Tavares, 82) e Henrique Araújo.

(Suplentes: Leo Kokubo, Jair Tavares, João Resende, Filipe Cruz, Cher Ndour, Kevin Csoboth, Kalaica, Martim Neto e Diogo Mendes).

Treinador: Nélson Veríssimo.

- Sporting da Covilhã: Léo Navacchio, Tiago Moreira, André, Jaime, Joel Vital, N’Dao Lamine (Jorge Vilela, 81), Filipe, João Cardoso (Bernardo, 89), Jean Filipe, Wendel (Areias, 90+1) e Gleison.

(Suplentes: Bruno, Felipe Macedo, David Santos, Areias, Hanan, Lé Cá, Jorge Vilela, Bernardo e Enoh).

Treinador: José Bizarro.

Árbitro: Bruno Rebocho (AF Lisboa).

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Rafael Brio (07), Filipe (44), Tomás Araújo (72) e Jorge Vilela (84).

Assistência: jogo disputado à porta fechada devido à pandemia de covid-19.