Portugal
"Em Portugal parece que as equipas não querem jogar", critica André Horta
Redação
2021-02-25 23:00:00
Médio do SC Braga aponta o dedo à "mentalidade" que existe no futebol português

A eliminação do SC Braga, horas depois do Benfica ter sido também afastado da Liga Europa, deixou o FC Porto como único representante português nas competições europeias, com os dragões ainda envolvidos nos oitavos de final da Liga dos Campeões.

Desafiado a comentar o que falta às equipas portuguesas para poderem competir com as melhoras da Europa, logo após a partida com a Roma, André Horta, médio do SC Braga, apontou o dedo à "mentalidade" que existe no futebol nacional.

"Temos de trabalhar muito. Passa muito por termos mais ritmo de jogo, porque parece que no campeonato português as equipas não querem jogar... Muito tempo parado, muitos jogadores no chão, tem sido recorrente nos últimos anos", criticou, durante a entrevista rápida à SIC Notícias.

"Depois sentimos a diferença quando temos estes jogos com equipas mais difíceis, porque têm um andamento muito superior por jogarem em campeonatos mais intensos e onde se joga muito mais. E vemos a dificuldade quando temos jogos como com o Leicester e a Roma", acrescentou.

"Enquanto não mudarmos a mentalidade em Portugal, vai ser muito difícil competirmos cá fora", insistiu André Horta, antes de elogiar a participação "muito positiva" do SC Braga nesta edição da Liga Europa.

"Nesta eliminatória, fica um amargo de boca, porque poderíamos ter feito um bocadinho melhor. Fizemos dois bons jogos, mas acho que respeitámos demasiado o adversário. Sofremos o golo cedo demais, o que complicou a tarefa. As equipas italianas são cínicas. Deixaram-nos jogar e, depois, mataram o jogo", finalizou.