Portugal
"Benfica montou um autocarro e jogou como uma equipa pequena"
2023-12-20 17:25:00
"Benfica não vai fazer todos os jogos assim e é importante que Roger Schmidt trabalhe este momento", diz Diogo Luís

A recente vitória do Benfica na sempre difícil deslocação a Braga, não só destacou a resiliência da equipa de Roger Schmidt, como também gerou reflexões sobre a estratégia adotada e os desafios defensivos persistentes nos encarnados. Diogo Luís, ex-jogador do Benfica e atual comentador desportivo na CNN Portugal, ofereceu uma análise detalhada sobre o jogo realizado na pedreira, expondo não apenas os pontos positivos, mas também as preocupações que o atual campeão nacional enfrenta.

"A deficiência do Benfica continua a ser mesma e bem visível. È uma equipa desequilibrada"

O comentador, numa das suas intervenções, optou por destacar a habilidade do Benfica em superar os recentes obstáculos, como a qualificação para a Liga Europa mas sobretudo na vitória sobre o Braga, um concorrente direto na corrida pelo título de campeão português.

No entanto, o antigo jogador português vai além dos elogios ao afirmar que o Benfica jogou em Braga como 'uma equipa pequena', e que só isso permitiu regressar a Lisboa com os três pontos na bagagem.

"É verdade que o Benfica tem vindo a conseguir ultrapassar os obstáculos e contra o SC Braga ultrapassou, porque teve a humildade de jogar como uma equipa pequena"

"O Benfica recuou para trás da linha da bola, meteu os onze jogadores lá atrás, montou quase um autocarro a meio do meio-campo e aí já não teve problemas em controlar os espaços", observou o agora comentador da CNN Portugal.

A estratégia defensiva adotada pelas águias, recuando quase todos os jogadores atrás da linha da bola, foi eficaz, resultando numa importante vitória. No entanto, Diogo Luís ressalta que 'esta não pode ser a abordagem permanente da equipa de Schmidt', salientando a necessidade de uma 'maior diversidade nas táticas empregadas'.

O antigo jogador sublinha ainda a persistência de desafios defensivos no Benfica, indicando uma desorganização que transcende as performances individuais. Para Diogo Luís, a solução requer um trabalho coletivo sólido, uma vez que o sucesso individual dos jogadores é limitado se o coletivo não estiver em sintonia.

"A deficiência do Benfica continua a ser mesma e bem visível. Defensivamente é uma equipa desequilibrada", observou.

"Não é só contratar jogadores, é depois trabalhar a parte coletiva, porque individualmente os jogadores não fazem a diferença se o coletivo não funcionar"

Ao abordar o momento em que a equipa da Luz perde a bola, Diogo Luís destaca uma área que, na sua perspetiva, tem sido negligenciada por Roger Schmidt.

O comentador insta o técnico alemão a trabalhar esta fase do jogo, apontando que nem mesmo a contratação de um ponta de lança ou de um defesa esquerdo resolverá totalmente o problema.

"Mas o Benfica não vai fazer todos os jogos assim e é importante que Roger Schmidt trabalhe este momento, o momento em que a equipa perde a bola", acrescentou.

"Efetivamente é um dos problemas do Benfica que Schmidt não tem conseguido vir a trabalhar e não é um ponta de lança ou um defesa esquerdo que vão resolver este problema", rematou Diogo Luís.