Portugal
"É uma vergonha o que está a acontecer neste final de campeonato", diz Marques
Redação
2021-04-06 22:30:00
Diretor do FC Porto critica "mil e uma tentativas de esconder um penálti evidente" contra o Sporting

O FC Porto alertou para a “adulteração da verdade desportiva” que ocorreu na visita do Sporting ao Moreirense, com o “branqueamento” de uma grande penalidade contra os leões, que lideram o campeonato, a ser ‘patrocinada’ pela SportTV. Francisco J. Marques, diretor de comunicação dos dragões, acusou o analista Rui Rodrigues de “sonegar imagens” de um pisão de Feddal dentro da área, num comportamento que responsabiliza a estação.

Em causa está o lance aos 31 minutos, entre Feddal e Walterson, quando o Sporting vencia por 0-1. Ao mostrar imagens da SportTV, no programa Porto Universo da Bancada, no Porto Canal, o dirigente do FC Porto afirmou que Rui Rodrigues, “que foi um péssimo árbitro”, usou apenas o ângulo que lhe interessava para focar a discussão de um eventual penálti no contacto dos braços, “sonegando” que houve “um pisão evidente”.

“É uma vergonha o que está a acontecer neste final de campeonato. Esta é das maiores manipulações a que assistimos na televisão nos últimos tempos. É uma vigarice inaceitável. O senhor Rui Rodrigues ou é muito incompetente e não viu que havia um pisão claro e evidente (e se é assim tão incompetente não pode estar naquele lugar, a adulterar a realidade), ou então viu e resolveu manipular as imagens, não as mostrando”, acusou Francisco J. Marques, responsabilizando a SportTV por ‘dar cobertura’ a esta análise.

Foi com base na interpretação de Rui Rodrigues que outros analistas de arbitragem, como “Jorge Faustino, Marco Ferreira, Jorge Coroado e Fortunato Azevedo”, ajudaram a propagar as “mil e uma tentativas de esconder um penálti evidente”. “Isto depois tem consequências terríveis. São estes erros que adulteram a verdade desportiva, porque influenciam o resultado. A realidade é que houve um pisão dentro da área, é penálti. Como é que há gente que é capaz de dizer que isto não é penálti? Digam o que se passou”, insistiu o dirigente portista.

Lembrando que “as pessoas pagam para ver esta vigarice”, por se tratar de uma estação por assinatura, Francisco J. Marques responsabilizou a SportTV pelo comportamento de Rui Rodrigues. “O que importa analisar é a manipulação de imagens, a sonegação de imagens. O analista Rui Rodrigues, um VAR de contrafação, foi um péssimo árbitro e foi investido da posição de comentador de arbitragem da SportTV num programa que pretende esclarecer os assinantes, porque as pessoas pagam para ver esta vigarice. Como é que há esta lata da SportTV? Cobra aos assinantes e depois engana-os. Espero que tenham a coragem de correr com este senhor, que não é digno de entrar nas nossas casas para dizer mentiras”, afirmou.

O Sporting acabaria por deixar dois pontos em Moreira de Cónegos. Os leões, que entraram em campo depois de FC Porto, Benfica e SC Braga terem vencido os respetivos jogos, adiantaram-se no marcador por Paulinho (estreou-se a marcar com a camisola verde e branca), aos 21 minutos, mas Walterson (o mesmo jogador que sofreu o “pisão evidente” que motivou a intervenção de Francisco J. Marques) reestabeleceu a igualdade em cima do minuto 90.