Portugal
"É uma perda importante para a equipa se Jesus não estiver presente no jogo"
Redação
2021-01-27 21:10:00
Álvaro Magalhães afirma o Benfica tem "obrigação de ganhar" ao Belenenses SAD

A infeção respiratória de Jorge Jesus tem dominado as atenções no Benfica, não estando ainda garantida a presença do treinador no encontro de amanhã, com o Belenenses SAD, para os quartos de final da Taça de Portugal.

Uma eventual ausência do técnico será prejudicial para a equipa, que vai sentir a falta do "líder", como explicou Álvaro Magalhães, antigo jogador dos encarnados.

“É importante para os jogadores ter o seu líder nos treinos e nos jogos. É uma perda importante para a equipa se Jorge Jesus não estiver presente no jogo", afirmou o antigo internacional português.

O Benfica vem de um empate com o Nacional, para a 15.ª jornada da Liga, que deixou a equipa com seis pontos de atraso para o líder Sporting, precisamente o adversário na próxima jornada. Neste momento difícil, a presença do treinador é ainda mais vital.

"Esperemos que regresse para dar mais ânimo aos jogadores. Ele tem personalidade para corrigir o que está menos bem e o Benfica será mais forte tendo o seu líder no banco", reforçou Álvaro Magalhães.

Quem pode aproveitar o jogo com o Belenenses SAD para regressar é Luca Waldschmidt, avançado alemão que já integrou o treino de hoje, depois de recuperado da infeção com covid-19.

"É um bom profissional, não é por dez dias que vai ter abaixamento de forma. Estou convencido que deve ter feito alguns exercícios. É um bom reforço para o jogo contra o Belenenses SAD", afirmou o ex-jogador do Benfica, em declarações à Renascença.

Quatro vezes vencedor da Taça de Portugal, Álvaro Magalhães alertou que a prova é propícia a surpresas, com as equipas menos favoritas "por vezes a surpreender" as formações mais cotadas. Como "o investimento feito este ano foi para ganhar títulos", o Benfica tem de assumir a "obrigação" de, para já, superar esta eliminatória.

"O Benfica vai jogar em casa e tem obrigação de ganhar. Tem a grande oportunidade de dar uma alegria aos adeptos e regressar aos melhores momentos, porque as exibições até agora não foram convincentes", finalizou o antigo defesa das águias.