Portugal
"É um recado para o Conselho de Arbitragem. Eu sei como as coisas funcionam"
Redação
2021-05-04 15:05:00
Manuel Fernandes atento às nomeações de árbitros da AF Porto

O Sporting segue na frente com mais seis pontos do que o segundo classificado, o FC Porto, mas a luta está longe de terminar dentro e fora de campo onde prosseguem as declarações relacionadas com a arbitragem e as nomeações. Manuel Fernandes, antiga glória do emblema lisboeta, diz que está atento às escolhas por parte do elenco chefiado por Fontelas Gomes e diz que tem notado uma presença frequente de árbitros da Associação de Futebol do Porto nos embates leoninos.

"Isto é um recado para o Conselho de Arbitragem que deveria ter mais cuidado com as nomeações. Eu conheço como as coisas funcionam", avisou Manuel Fernandes, destacando que não acha "normal" que os jogos mais recentes dos leões no campeonato tenham arbitragens por parte de árbitros formados pela Associação de Futebol do Porto. "Não é normal três árbitros da Associação de Futebol do Porto apitarem os últimos cinco jogos do Sporting".

Nas últimas jornadas, o Sporting retomou o caminho das vitórias, mas Manuel Fernandes admite que há 'obstáculos' que a equipa liderada por Rúben Amorim tem vindo a tentar ultrapassar.

"Por coincidência, o Sporting perdeu dois pontos com um árbitro que fez uma má arbitragem. Não perdeu em outro porque soube defender-se após uma expulsão", lembrou Manuel Fernandes, que visou ainda a última arbitragem, em Alvalade, no passado sábado frente ao Nacional da Madeira.

"Agora foi o Manuel Oliveira que esteve sempre à espera", criticou Manuel Fernandes, aludindo aos casos de arbitragem do jogo entre Sporting e Nacional da Madeira, que os leões acabaram por vencer por 2-0 com os dois golos a aparecerem na etapa final do encontro, já com os insulares reduzidos a 10 unidades por expulsão de Abdullahi Alhassan, aos 67 minutos, numa decisão muito criticada por Manuel Machado, na altura.

"Uns são filhos de um Deus grande, outros de um Deus menor" e "quem tem menos terá sempre menos", uma vez que "o futebol é um espelho da sociedade", comentou o técnico do conjunto insular. 

Manuel Fernandes rebate as críticas insulares e lamenta o critério usado por alguns árbitros, entendendo que no jogo frente ao Nacional o leão tem razões de queixa das arbitragens. "Há árbitros que só têm critério largo para algumas equipas, para outras não têm", disse, acrescentando que "para uns assinalam logo, para outros não".

Na Sporting TV, Manuel Fernandes alertou ainda a equipa de Rúben Amorim para o que falta jogar neste campeonato. "Ainda não conseguiram tirar o Sporting da frente. Os jogadores sentem esta injustiça e dá-lhes mais força para lutar contra as contrariedades que aparecem".

Para Vila do Conde, onde o Sporting jogará nesta quarta-feira, Manuel Fernandes espera dificuldades mas quer mais três pontos na bagagem. "Este jogo é dos mais fundamentais. De seguida há um clássico. Se o Sporting conseguir, e os jogadores sabem disso, uma vitória, naturalmente, que tem 90 por cento ou mais de possibilidades de acabar em primeiro lugar".