Portugal
"É difícil ganhar aqui". Vasco Seabra avisa Sporting
Redação
2021-04-04 13:25:00
Técnico do Moreirense reconhece méritos do líder, mas o objetivo é vencer os leões

O treinador Vasco Seabra procura a primeira vitória em casa desde que é treinador do Moreirense, na segunda-feira, na receção ao líder Sporting, na 25.ª jornada da I Liga. Com Vasco Seabra, o Moreirense ainda não venceu em casa para o campeonato (cinco empates e uma derrota), mas o treinador disse não estar "obcecado" com isso.

"Temos a vantagem de só termos perdido um jogo. É difícil ganhar aqui. Naturalmente, queremos conseguir vencer em casa e esperamos que seja neste jogo", declarou na antevisão da partida.

O Moreirense vem de dois jogos seguidos sem ganhar e na última jornada foi mesmo derrotado com clareza em Paços de Ferreira (3-0) pelo que o interregno devido aos compromissos da seleção nacional foi positivo e serviu para a equipa "crescer", considerou o treinador.

"Aproveitámos para poder estabilizar, em Paços de Ferreira não estivemos como pretendíamos. Tivemos tempo para respirar e orientarmo-nos nas nossas dinâmicas. A equipa está a sentir-se confiante sobre o que é capaz de fazer", disse.

Vasco Seabra deixou elogios ao Sporting, "líder do campeonato com muitos pontos de vantagem sobre os restantes e um adversário muito difícil".

"Tem dinâmicas muito enraizadas, um treinador que está há muito tempo com a equipa, com um processo muito consolidado e com dinâmicas muito próprias a defender e a atacar",completou.

O treinador dos ‘cónegos' destacou ainda que o adversário "é uma equipa que nunca desiste, é um fator notório no Sporting", mas considerou que o Moreirense "também é assim, nunca desiste, tem uma vontade e uma ambição muito grandes".

Para contrariar a equipa de Rúben Amorim, a única ainda sem derrotas no campeonato, o Moreirense terá que estar "ao melhor nível", ser "solidário e competitivo", com muito "empenho, agressividade e intensidade", defendeu o técnico.

Vasco Seabra disse esperar que as menores dimensões do relvado dos minhotos possam ajudar a controlar o ataque ‘leonino', mas garantiu uma equipa do Moreirense "proativa, a contra-atacar e a tentar ferir o adversário".

Questionado sobre se o Sporting pode acusar alguma ansiedade na última fase do campeonato, o treinador do Moreirense desvalorizou e considerou que "as equipas que jogam para ganhar habituam-se a essa pressão".

"Entrámos no último terço da época, uma fase muito importante, temos 10 jogos pela frente e queremos fazer muitos pontos, garantir a manutenção rapidamente e ser campeões à nossa maneira", disse.

O técnico continua a não poder contar com os lesionados Pedro Amador, Pedro Nuno, Derik e Sori Mané, mas já terá à disposição o internacional sub-21 Filipe Soares, que regressa após castigo.

Moreirense, oitavo classificado, com 30 pontos, e Sporting, primeiro, com 64, defrontam-se a partir das 21:00 de segunda-feira, no Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas, em Moreira de Cónegos, em jogo que será arbitrado por João Pinheiro, da associação de Braga.