Portugal
"Durmo melhor com o fecho do mercado. Estou feliz com o plantel", diz Carvalhal
2020-10-16 13:35:00
Treinador do SC Braga diz que jogo com Nacional "é claramente para vencer"

O treinador do SC Braga, Carlos Carvalhal, frisou hoje que a receção ao Nacional, no sábado, da quarta jornada da I Liga de futebol, "é um jogo claramente para vencer", mesmo sem contar com Gaitán.

A "vitória robusta” alcançada no terreno do Tondela (4-0), na jornada anterior, “moraliza e dá corpo à equipa”, afirmou o técnico, na antevisão da partida frente aos madeirenses.

"Agora, com o Nacional, queremos dar continuidade ao que estamos a fazer, esperar que a equipa possa evoluir e jogar cada vez melhor. Confio muito nos meus jogadores e no que podemos fazer, o nosso objetivo para este jogo é claramente vencer e somar três pontos", disse.

Carlos Carvalhal elogiou a turma madeirense, que ainda não perdeu (uma vitória e dois empates), considerando-a "uma equipa boa, de futebol positivo, que se identifica com um treinador muito competente e, sem dúvida nenhuma, um adversário difícil", mas o técnico quer o SC Braga a "explorar as suas fragilidades e a esconder os seus pontos fortes".

Os bracarenses iniciam no sábado um ciclo intenso de sete jogos em 21 dias, entre I Liga e Liga Europa, na qual se estreia esta época na próxima quinta-feira, na receção aos gregos do AEK Atenas, facto que Carlos Carvalhal notou não ser novo para si.

"Já tinha tido essa experiência, quer no Besiktas e no Sporting, até aqui também, mas fundamentalmente pela minha passagem por Inglaterra em que isso é um panorama normal. Temos que preparar bem esse ciclo, com um plantel curto em que todos os jogadores vão ser importantes, e abordar um jogo de cada vez", referiu.

O recente fecho do mercado trouxe tranquilidade ao treinador - "já durmo bem melhor" -, que se diz "feliz" com o plantel à disposição.

"Já durmo bem melhor com o fecho do mercado de transferências. Estou feliz com o plantel. É curto, mas dá várias soluções, quero é um grupo unido, focado, que todos se sintam parte e que podem jogar no próximo jogo, é assim que gosto de ter um plantel", salientou, reforçando a ideia do olhar sempre atento à formação arsenalista.

Gaitán lesionou-se num particular diante do Farense, em 12 de setembro (lesão muscular nos isquiotibiais direitos) e está na fase final da recuperação, mas o internacional argentino ainda não pode ser opção para Carvalhal.

"Vai começar a pré-época na próxima segunda-feira. Fez uma parte inicial do trabalho, mas ainda não é uma integração completa. Não podemos pensar que estará apto para quinta-feira ou domingo, terá de ganhar condição física e ritmo de jogo para ser integrado progressivamente e não haver lesões nem recidivas", vincou.

Paulinho foi alvo de interesse de outros clubes, mas ficou no SC Braga e o técnico voltou a deixar muitos elogios ao avançado.

"Mesmo nas condições em que se falou da sua possível saída, mostrou um grande compromisso comigo e com a equipa, foi exemplar. Já tive outros casos em que os jogadores não estavam focados, não estavam com boa cara, inconscientemente criavam mau ambiente, mas o Paulinho foi o contrário. Vejo-o extremamente feliz no grupo e no SC Braga, é um jogador diferenciado e que nos pode ajudar nesta caminhada até ao fim da temporada", explicou.

Rui Fonte, a recuperar de cirurgia ao joelho esquerdo, também vai ficar de fora do encontro de sábado, enquanto Raul Silva já pode ser opção depois de ter cumprido dois jogos de castigo.

SC Braga, 12.º classificado, com três pontos, e Nacional, sexto, com cinco, defrontam-se no sábado, a partir das 18:00, no Estádio Municipal de Braga, num jogo que vai arbitrado por Artur Soares Dias, da associação do Porto.

Veja a conferência de imprensa: