Portugal
"Diziam que o Benfica era parvo por não vender o Rafa. Esses o que vão dizer?"
2024-02-27 09:50:00
"O objetivo do Benfica não é a vertente financeira, é o rendimento desportivo", destaca ex-jogador Diogo Luís

Rafa Silva está a ser protagonista da melhor época em termos de rendimento ao serviço do Benfica. O camisola 27 está em final de contrato e, no passado recente, a administração encarnada foi criticada por não ter vendido Rafa Silva, deixando que o ex-internacional português fosse para os últimos meses de contrato sem lhe renovar o vínculo ou, no limite, vendê-lo e fazer um encaixe financeiro.

Face ao contexto de rendimento que Rafa Silva tem vindo a apresentar, Diogo Luís, ex-jogador e agora especialista em assuntos económicos, salienta a forma como a Direção liderada por Rui Costa tem vindo a conduzir este processo, elogiando a forma como a estrutura encarnada apostou em manter o jogador, em vez de o vender, mesmo que isso significasse um encaixe financeiro.

"O Rafa está a ter um rendimento fora do vulgar. Eu recordo-me das discussões que tínhamos no início da época. Diziam que o Benfica era parvo por não vender o Rafa por 15 milhões de euros. Isto é um exemplo de como uma gestão bem feita tem de ser utilizada", comentou Diogo Luís.

Diogo Luís e os que diziam que o Benfica era "parvo por não vender Rafa"

"O objetivo do Benfica não é a vertente financeira, é o rendimento desportivo", vincou ainda o antigo jogador de futebol, em declarações na CNN Portugal, onde deu conta de que gostaria de ouvir a opinião agora que Rafa Silva se tem vindo a revelar como uma das unidades principais no futebol bbenfiquista.

"Agora esses que diziam isto, o que vão dizer do rendimento do Rafa? Porque o Rafa é um jogador que tem características que poucos têm", avaliou ainda o antigo lateral do Benfica.

Concordando que o Benfica perdeu a possibilidade de encaixar algum dinheiro com Rafa Silva, Diogo Luís não deixou, porém, de mencionar que o Benfica é um clube que visa o rendimento desportivo.

"É verdade que o Benfica ganharia 15 milhões de euros, mas perderia muito em termos desportivos", enfatizou ainda o antigo jogador e agora comentador, dando conta da importância de Rafa Silva no jogo do Benfica.

"E sobretudo este ano em que o Benfica é muito mais frágil coletivamente. Mas individualmente é o Rafa, o Di María e o Neres que começa a aparecer e que ajudam a resolver. Sobretudo o Rafa e o Di María", concluiu Diogo Luís.

Rafa Silva está nos últimos meses de contrato com o Benfica e não quer, para já, discutir a renovação ou o contrato com outro clube, procurando focar-se nos objetivos desportivos do Benfica.

Em todo o caso, o nome do ex-internacional português é frequentemente associado a vários emblemas, sendo que Rafa Silva já foi associado ao eterno rival lisboeta, Sporting.