Portugal
Divulgadas imagens de urna a ser selada nas eleições do Benfica
2020-11-16 19:55:00
Sócios apontam o dedo à forma como a urna foi fechada

As eleições do Benfica continuam a fazer correr muita tinta. Depois de uma petição online pedir a recontagem dos votos na semana passada, esta segunda-feira foi partilhado nas redes sociais um vídeo que tem dado que falar pela forma como uma urna de voto foi fechada na casa do clube em Vila Nova de Famalicão. 

Recorde-se que as eleições encarnadas ficaram marcadas por uma afluência histórica e por uma polémica, no dia do ato eleitoral, referente à utilização do voto eletrónico. 

João Noronha Lopes, um dos candidatos à presidente encarnada, fez-se ouvir pela voz do seu mandatório Vítor Paneira, levantando questões relativas a uma sistema de voto “duvidoso”

“Este sistema cria-nos fortes dúvidas. Há indícios de que há pessoas a entrarem no sistema que nem sócios são. Por isso, temos algumas dúvidas”, afirmou Paneira, à data do ato eleitoral. 

A preocupação foi partilhada por Rui Gomes da Silva, o outro candidato, que antes de conhecer os resultados alertou para o facto da Mesa de Assembleia-Geral encarnada não ter aceite um número de medidas propostas, sublinhando a “desconfiança” no sistema em questão. 

“Espero que os resultados finais sejam de acordo com o que é a expressão dos sócios, lamentando que a MAG não tenha aceitado um conjunto de regras que propusemos em vários momentos. (...) A desconfiança sobre este sistema é grande, para não dizer total”, apontou. 

A noite acabou com a vitória de Luís Filipe Vieira, com 62,59 por cento dos votos, mas o sufrágio continua a dar que falar. 

Um grupo de sócios do Benfica anunciou, na semana passada, o desejo de apresentar à Mesa de Assembleia-Geral do clube um requerimento para que, entre outras medidas de fiscalização, “seja promovida, em ato público, a contagem de todos os talões comprovativos de votos e registada em ata o apuramento para divulgação aos sócios”. 

De acordo com a nota disponibilizada através de uma petição online, esta pretensão vinca o direito de qualquer sócio em “fiscalizar o modo como se processaram as eleições de onde saiu o sufrágio da não eleição da lista em que votou ou que subscreveu” e em “limitar a possibilidade de tal controlo ser exercido apenas pelos titulares das órgãos sociais eleitos, nomeadamente pelos investidos nos cargos da Mesa de Assembleia-Geral”. 

Já esta segunda-feira, a página ‘Associação do Bem’ divulgou um vídeo captado no dia das eleições encarnadas, onde os sócios criticam a forma como uma urna foi selada. 

Em declarações ao Correio da Manhã, Ricardo Pinheiro, presidente da Casa do Benfica de Famalicão, garante que a instituição "nada tem a ver com o que se passa lá dentro" e que apenas cede o espaço para a realização das eleições. 

"Estas imagens foram filmadas por alguém que estava a representar uma lista. A Casa do Benfica de Famalicão apenas empresta o físico para fazerem as eleições, não tem nada a ver com o que se passa lá dentro. (...) Os funcionários do Benfica que estavam lá e as duas listas lá representadas assistiram a tudo. Na parte de fora estavam cerca de 20 pessoas apoiantes de uma das listas, a filmar tudo", começou por dizer. 

"O clima tornou-se tão hostil que foi preciso chamar a polícia. A casa do Benfica não tem nada a ver com isto, apenas empresta o edifício para fazer as eleições", concluiu.