Portugal
Desportivo de Chaves bate Sporting da Covilhã e soma quarta vitória seguida
Redação
2021-04-11 17:45:00
Flavienses seguem imparáveis na II Liga e sobem ao quarto lugar da tabela

O Desportivo de Chaves venceu hoje por 2-0 o Sporting da Covilhã, graças a golos de Roberto e João Correia na segunda parte, e alcançou a quarta vitória consecutiva na II Liga portuguesa de futebol.

Com o triunfo na 28.ª jornada, a formação de Trás-os-Montes alcançou os mesmos 49 pontos que o Vizela, segundo classificado com menos um jogo, e a Académica, terceira classificada.

Na luta pelos lugares de subida, os transmontanos assumiram desde início o comando do encontro, perante um adversário bem organizado defensivamente, com duas linhas de quatro jogadores que retirou espaço no último terço.

A formação orientada por Vítor Campelos procurou criar superioridade pela zona interior e através do jogo direto, com poucos resultados práticos.

A melhor situação surgiu logo aos quatro minutos, quando João Correia lançou Roberto que assistiu Benny para um remate colocado que Léo Navacchio defendeu.

Aos nove, Roberto marcou mas o golo foi anulado por fora de jogo, apesar das dúvidas quanto à posição ilegal. Já aos 35 minutos Juninho rematou com perigo mas ao lado.

O encontro ganhou emoção no reatar com lances na grande área. Bernardo ficou a pedir penálti aos 49 minutos para os visitantes.

Pouco depois, Bernardo acabou por fazer falta sobre Roberto, após jogada de Juninho, que deu origem à grande penalidade que o próprio avançado dos flavienses transformou, atingindo o sétimo golo da época e o quarto consecutivo.

Na resposta, a formação da Covilhã criou perigo por duas vezes de bola parada, com Paulo Vítor a evitar o empate.

A equipa da casa aproveitou o balanceamento e conseguiu, aos 61 minutos, uma transição rápida por Juninho que serviu João Correia para o 2-0.

Os serranos tiveram ainda ocasiões para reentrar na partida, aos 78 minutos, Gilberto na área, após jogada de insistência, disparou por cima e aos 90+1 Enoh após canto rematou perto.