Portugal
"Desde 1906 a rapar os restos que o Benfica vai deixando"
2023-04-10 10:45:00
"Sempre estiveram envolvidos em tudo que é trafulhice no desporto em Portugal", afirmou ex-vice encarnado

O Benfica viu os rivais aproximarem-se na frente do campeonato e a semana foi para as águias tudo menos 'santa'. Se no fim, o rival portista foi à Luz vencer, no princípio foi o presidente dos leões a criticar o clube da Luz, numa conversa na Sporting TV, onde aludiu a vários processos que correm na justiça e que podem colocar em causa o nome do clube da Luz. E por isso, José Manuel Antunes, antigo vice-presidente do Benfica, lamenta o contexto que se criou em volta do emblema encarnado.

"O Sporting do Lumiar nasceu da inveja de um visconde que comia sopa com um garfo", criticou José Manuel Antunes, salientando que o Sporting é um clube que "desde 1906 que tem vivido com o único objetivo de rapar os restos que o grande Benfica vai deixando para os trastes."

Para o antigo vice-presidente, os sportinguistas "são mesquinhos como todos os pequeninos" e "sempre estiveram envolvidos em tudo que é trafulhice no desporto em Portugal".

"Tudo é mentira naquela horda de frustrados perdedores", acrescentou José Manuel Antunes, em declarações publicadas na sua página do Facebook.

"Varandas a esquecer-se do historial que há no Sporting"

O também antigo vice-presidente dos encarnados António Figueiredo já tinha sugerido ao presidente do Sporting que estivesse preocupado com o Sporting e não com o Benfica.

"O presidente do Sporting esquece-se de olhar para a própria casa e todo o historial de coisas que há relativamente ao Sporting, e a preocupação dele é o Benfica. É evidente que, quando não se ganha, o mais importante é dizer mal dos outros. O Sporting que olhe para a sua própria casa, olhe para o caso do 'Cashball', que envolve não só o futebol como outras modalidades, com um funcionário do clube que conhecia, e se não conhecia, passou a conhecer, mas conhecia com certeza que é da época dele. Portanto, que olhe para essas coisas e deixe de se preocupar com o Benfica, preocupe-se com o Sporting, preocupe-se com o seu clube", disse Figueiredo na Renascença.

"Varandas encheu de recados o Benfica. Deveria era meter pressão no FC Porto"

O timing e os assuntos abordados por Frederico Varandas na conversa com a Sporting TV já tinham, de resto, merecido reparos por parte de Diogo Luís.

O antigo jogador de futebol e atuamente gestor salientou que o líder verde e branco 'carregou' sobretudo no Benfica, alongando-se em comentários sobre vários processos que correm na Justiça, mas este entende que, tendo-o feito em semana de clássico entre Benfica e FC Porto, o presidente leonino, se ainda sonha com um apuramento direto para a próxima edição da Liga dos Campeões deveria ter optado por pressionar o FC Porto.

"Estrategicamente nem sei se a entrevista foi no timing certo", observou Diogo Luís, na CNN Portugal, onde fez questão de destacar que Frederico Varandas deveria ter colocado tudo em cima da mesa.

"Se ele é tão coerente e se ele é tão honesto, também deveria ter dito que ele relativamente aos rivais teve um benefício enorme", argumentou Diogo Luís.