Portugal
“Custe o que custar”. SC Braga mostra novas imagens do penálti sobre Horta
Redação
2021-03-24 18:20:00
Clube acredita que o lance foi recuperado para desviar as atenções das críticas de Salvador à arbitragem

O SC Braga insiste na luta pela “verdade desportiva” e mostrou novas imagens do polémico penálti assinalado na partida com o Famalicão, tema que “passou a ser de interesse nacional” depois do presidente dos guerreiros do Minho, António Salvador, ter criticado a arbitragem de João Pinheiro na partida com o Benfica.

Logo após esse “grito de revolta manifestado pelo presidente António Salvador”, o SC Braga desafiou publicamente o Conselho de Arbitragem a revelar as imagens do lance em que Ricardo Horta conquistou uma grande penalidade no jogo de Famalicão, para a 23.ª jornada da I Liga.

Esse penálti, que seria convertido pelo próprio Ricardo Horta, permitiria ao SC Braga empatar a partida a um golo. O encontro acabaria com um 2-2 que ditou a queda dos guerreiros do Minho, que vinham de quatro vitórias consecutivas, para o terceiro lugar da tabela.

“De forma a encerrar de uma vez por todas as dúvidas no encontro com o Famalicão – que de repente passou a ser de interesse nacional –, desafiamos o Conselho de Arbitragem e a Sport TV a divulgarem as imagens do VAR”, adiantou o SC Braga, na terça-feira, ainda no rescaldo da derrota com o Benfica.

Alexandre Carvalho, diretor de comunicação e imagem do clube minhoto, regressou hoje à carga contra "os interesses sombrios", para que, “custe a quem custar”, se acabe com a polémica em torno do lance entre Gustavo Assunção sobre Ricardo Horta, assinalado pelo árbitro Manuel Oliveira numa decisão que seria confirmada pelo videoárbitro.

“Em defesa do árbitro e do VAR deste jogo, ficam aqui, de uma vez por todas, as imagens que esclarecem todas as dúvidas. A narrativa de que o SC Braga era um clube beneficiado deu jeito a muita gente... menos à verdade desportiva. Custe o que custar. Custe a quem custar”, assinalou o dirigente dos guerreiros do Minho, numa publicação no Twitter.

No entender do SC Braga, o penálti de Famalicão foi recuperado para desviar as atenções das críticas que António Salvador fez à arbitragem de João Pinheiro na partida com o Benfica. Com o triunfo (0-2), as águias subiram ao terceiro lugar, por troca com os minhotos.

“Sei que é muito milhão que está em jogo. Eu sei e vocês também sabem. Mas é preciso que dentro do campo haja igualdade nos critérios. Até considero que João Pinheiro é um dos melhores árbitros. Mas também tenho de dizer que, em 90 por cento de jogos que apita o SC Braga, ou no campo ou no VAR, o SC Braga tem sido prejudicado. É uma revolta grande que sentimos”, disse Salvador, na conferência de imprensa após a partida com o Benfica.

Na mesma intervenção, o presidente do SC Braga abordou “o mito dos três grandes”, insinuando que a luta pelos “muitos milhões” dos lugares de acesso à Liga dos Campeões têm levado os árbitros a penalizar as restantes equipas.

“Vamos lutar com estes ditos três, por um lugar onde estão muitos milhões em jogo. Ainda bem que vem aí a centralização. O campeonato vai passar a ser competitivo e vai acabar o mito dos três grandes em Portugal, que têm sempre de ser os primeiros na classificação”, acrescentou António Salvador.