Portugal
"Com o Vitinha o FC Porto tinha o segredo para o meio-campo"
2021-06-04 11:00:00
Wolverhampton tem opção de compra do jogador ao FC Porto por 20 milhões de euros

O nome Vítor Machado Ferreira poderá, possivelmente, não dizer grande coisa ao leitor mas se lhe dissermos que se trata de Vitinha, aí algumas considerações podem surgir até porque este tem sido o nome em destaque no Campeonato da Europa de sub-21 onde Portugal tenta fazer história e conquistar o troféu. Domingo, há jogo de final contra a Alemanha.

Vitinha, camisola 7 da turma das quinas, tem sido o maestro da orquestra lusitana numa prova onde tem deixado tudo e todos pelo caminho, procurando, pela primeira vez, colocar o troféu de sub-21 no museu da Cidade do Futebol. A geração 2000 vai fazendo os portugueses sonhar sob a batuta de Vitinha.

Formado no FC Porto, desde cedo que se antecipou um grande futuro ao jovem de Santo Tirso que, de dragão ao peito, se sagrou campeão nacional do campeonato 2019/20 antes de se mudar para a Liga inglesa.

Com 109 minutos nas pernas com a camisola principal dos dragões na I Liga portuguesa, fruto de oito jogos em que foi a jogo na condição de suplente utilizado, Vitinha acabaria por sair para o Wolverhampton à procura de regularidade.

Na equipa então orientada por Nuno Espírito Santo, que está de saída do emblema que alinha no Estádio Molineux, Vitinha somou 22 jogos oficiais, apontando um golo, tendo ainda alinhado em algumas ocasiões pela equipa de reservas durante a última temporada.

Os números acabaram por convencer Rui Jorge, selecionador nacional de sub-21 a chamá-lo para o Campeonato da Europa e a entregar-lhe a batuta da equipa. E bem se pode dizer que Vitinha tem dado conta do recado.

Para João Alves, antigo internacional português e uma das figuras mais destacadas do futebol nacional, as exibições de Vitinha no meio-campo luso, sobretudo a sua visão de jogo, têm de ser referenciadas e faladas.

"Não conhecia bem o Vitinha mas sabia que era um jogador excelente. Demonstrou que realmente o FC Porto tinha ali o segredo para o seu meio-campo, o segredo da qualidade", comentou João Alves, em declarações na RTP 3.

Para o 'luvas pretas', Vitinha "é um jogador que realmente está acima dos outros" na equipa de sub-21 e por isso não se admira que em breve esteja no lote da equipa principal das quinas.

"Está acima da média. Deixou uma imagem de que será jogador da seleção principal muito brevemente", vaticina João Alves a respeito do atleta que vai mostrando dotes de craque no miolo da seleção de 'esperanças'.

O empréstimo do internacional jovem português Vitinha por parte do FC Porto aos 'lobos' contempla uma opção de compra de 20 milhões de euros.