Portugal
Benfica reforça liderança com goleada ao Santa Clara
2021-09-11 19:50:00
Vitória de mão cheia deixa águias com cinco pontos de vantagem antes do clássico entre Sporting e FC Porto

O Benfica venceu hoje o Santa Clara por 5-0, nos Açores, na quinta jornada da I Liga de futebol, numa goleada construída no segundo tempo, através de uma exibição de luxo dos ‘encarnados’.

O uruguaio Darwin Nuñez bisou no encontro, aos 53 e 62 minutos, já depois de o brasileiro se ter estreado a marcar com a camisola ‘encarnada’, no primeiro tempo, aos 42. Rafa, aos 58, e o ucraniano Yaremchuck, aos 68, selaram a goleada e asseguraram a liderança isolada do campeonato.

Na primeira parte, o Benfica deteve mais posse de bola, mas foi o Santa Clara a equipa mais perigosa.

A equipa de Daniel Ramos, pressionando alto e mantendo a organização defensiva, impediu a formação lisboeta de sair a jogar. O Benfica teve sempre muitas dificuldades para se conseguir superiorizar ao Santa Clara.

Por outro lado, os açorianos incomodaram várias vezes Vlachodimos no primeiro tempo. Aos 10 minutos, a uma finalização de Rui Costa, e aos 40, depois de um remate de Lincoln, o guarda-redes do Benfica correspondeu com excelentes defesas.

Aos 29 minutos, através de um livre direto, Lincoln acertou em cheio na barra da baliza do Benfica.

Contudo, o Benfica conseguiu inaugurar o marcador precisamente na melhor fase da equipa açoriana. Aos 42 minutos, na primeira vez que chegaram com perigo à baliza contrária, os ‘encarnados’ fizeram o golo por intermédio de Rodrigo Pinho, após assistência de Grimaldo.

Ao intervalo, Jorge Jesus trocou Rodrigo Pinho (autor do golo) por Rafa e a equipa surgiu muito mais forte no segundo tempo.

Aos 54 minutos, os ‘encarnados’ chegaram ao segundo golo por intermédio de Darwin, que finalizou com sucesso após uma assistência de Everton.

A vencer por dois golos, o Benfica passou a dominar o encontro a seu bel-prazer e conseguiu chegar ao terceiro golo sem grandes dificuldades. Aos 58 minutos, Rafa Silva, sem marcação na zona central, rematou forte, deixando Marco ‘colado’ ao chão, fazendo o terceiro golo do jogo.

A equipa açoriana, depois de um excelente desempenho no primeiro tempo, ‘desapareceu’ na segunda parte.

O Benfica conseguiu chegar ao quarto golo aos 62 minutos, através de Darwin num remate que tabelou em Boateng antes de ir para o fundo da baliza.

O jogo, de sentido único, tornou-se num passeio para a equipa de Jorge Jesus. Aos 68 minutos, novo golo. Cruzamento de Grimaldo e finalização certeira do recém-entrado Yaremchuck.

Até ao final do jogo, o marcador não sofreu mais alterações, apesar do domínio avassalador do Benfica.

Jogo no Estádio de São Miguel, em Ponta Delgada.

Santa Clara – Benfica, 0-5.

Ao intervalo: 1-0.

Marcadores:

0-1, Rodrigo Pinho, 42 minutos.

0-2, Darwin Nunez, 53.

0-3, Rafa, 58.

0-4, Darwin Nunez, 62.

0-5, Yaremchuck, 68.

Equipas:

- Santa Clara: Marco, Rafael Ramos, Boateng, Paulo Henrique, João Afonso, Mansur (Romão, 87), Anderson Carvalho (Nené, 83), Lincoln (Jean Patric, 87), Cryzan (Mohebi, 59), Morita e Rui Costa (Luiz Phellype, 58).

(Suplentes: Ricardo Fernandes, Chindris, Romão, Nené, Jean Patric, Luiz Phellype, Mohebi, Pierre Sagna e Ricardinho).

Treinador: Daniel Ramos.

- Benfica: Vlachodimos, Diogo Gonçalves (Valentino Lázaro, 72), Lucas Veríssimo, Morato, Vertonghen, Grimaldo, Weigl, João Mário (Gedson, 63), Everton (Pizzi, 72), Darwin Nunez (Yaremchuck, 63) e Rodrigo Pinho (Rafa, 46).

(Suplentes: Hélton, Gilberto, Meite, Yaremchuck, Pizzi, Valentino Lázaro, Rafa, Gedson e Ferro).

Treinador: Jorge Jesus.

Árbitro: Rui Costa (AF do Porto).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Vlachodimos (27 minutos), Rafael Ramos (45+2) e Mansur (46).

Assistência: 3.326 espetadores.