Portugal
Benfica goleia Portimonense e recupera terceiro lugar
Redação
2021-04-22 20:50:00
Seferovic bisa e assume liderança da tabela de goleadores

O Benfica regressou hoje às vitórias, ao golear o Portimonense 5-1, em Portimão, no jogo da 28.º jornada da I Liga portuguesa de futebol, quebrando um ciclo de três vitórias consecutivas dos algarvios.

O Portimonense adiantou-se no marcador aos 43 minutos, por intermédio de Beto, tendo Pizzi (45+3) empatado para os 'encarnados' antes do intervalo. Darwin (50) virou o marcador, tendo Seferovic ‘bisado’, aos 64 e 73, e Everton (90+4) assinou o último golo benfiquista.

Para o encontro com os algarvios, Jorge Jesus apresentou duas alterações no ‘onze’ em relação ao jogo anterior com o Gil Vicente, com as entradas de Pizzi - que não era titular desde o início de março - e de Gabriel para os lugares de Weigl e Waldschmidt, utilizados no encontro em que o Benfica saiu derrotado por 2-1.

No Portimonense, Paulo Sérgio também mexeu no ‘onze’ habitual, utilizando o avançado Fabrício – que regressou à titularidade dois meses depois - e o médio iraniano Salmani, naquele que foi o seu segundo jogo a titular.

No Municipal de Portimão, o Benfica entrou forte, assumindo o controlo do jogo e instalando-se no meio-campo do adversário, o que condicionou o jogo ofensivo dos algarvios.

À intensidade colocada em campo pela formação de Jorge Jesus, fazendo com que a bola corresse por todos os setores do campo, o Portimonense reagiu com uma defesa coesa, anulando todas as investidas do Benfica à sua baliza.

Embora dominado pelo jogo benfiquista, o Portimonense foi a primeira equipa a ter a primeira ocasião de verdadeiro perigo, quando, aos 16 minutos, Aylton Boa Morte ganhou na luta com Vertonghen, mas o remate acabou por ser intecetado pela defesa 'encarnada'.

O Benfica teve, aos 28 minutos, uma ocasião para abrir o marcador, com Rafa a rematar ao lado, depois de uma excelente combinação com Pizzi.

Embora com o domínio do jogo, o Benfica acabou surpreendido pelo golo dos algarvios, aos 43 minutos, quando Beto, isolado por Aylton Boa Morte, rematou sem hipóteses para Helton Leite, fazendo o 11.º golo da temporada e marcando há quatro jogos consecutivos.

Contudo, o Benfica não baixou os braços e chegou à igualdade no período de descontos antes do intervalo. Pizzi aproveitou a passividade dos centrais algarvios e bateu Samuel.

No segundo tempo, Jorge Jesus fez entrar Darwin e o Benfica ganhou outro fulgor atacante, com o avançado uruguaio a dar o primeiro sinal de perigo, dois minutos depois do reatamento, com um remate por cima da baliza algarvia.

Depois do aviso, Darwin operou a reviravolta no marcador, ao aproveitar as falhas de marcação dos centrais algarvios, assinando, aos 50 minutos, o segundo golo 'encarnado'.

A partir do golo, o Portimonense abriu mais o seu jogo, o que deu ao Benfica mais espaços para construir uma vantagem dilatada.

Seferovic, com um ‘bis’, aos 64 e 73, colocou o Benfica com uma vantagem confortável, tendo Everton fechado o marcador, com um golo aos 90+4.

Com este resultado, o Benfica regressa às vitórias e ao terceiro lugar, com 60 pontos, enquanto o Portimonense é 10.º, com 32.