Portugal
"Benfica a fazer ao contrário. Não incomoda nada adversários nem jornalistas"
2024-02-26 10:45:00
"Estava convencido que as conferências de imprensa eram feitas sentadas", comentou antigo jogador Pedro Henriques

A jornada do campeonato rendeu porveitos pontuais ao Benfica mas também rendeu críticas ao seu treinador, Roger Schmidt, e ao departamento de comunicação, nomeadamente por não terem feito o lançamento do encontro com o Portimonense. Pedro Henriques diz que isto é "uma tristeza".

"Em vez de darmos passos para a frente, são passos para trás. Eu estava convencido que as conferências de imprensa eram feitas sentadas. Os jogadores têm 72 horas e têm de recuperar. Se os treinadores tiverem de falar a correr, ok. Viagem e estão cansados", comentou o antigo jogador de futebol e agora comentador.

"Se os treinadores das equipas grandes não têm condições para falar de três em três dias, ou de dois em dois dias, porque as equipas são da elite do futebol mundial, se não têm essas condições, está tudo errado", vincou Pedro Henriques, salientando que não vê isto acontecer em outros campeonatos.

Benfica "ao contrário" nas conferências mas "não incomoda adversários nem jornalistas"

"Eu não vejo isso acontecer em Inglaterra. 'Não, não, eu falei há dois dias e não posso falar'", referiu ainda Pedro Henriques, que falava na Sport TV, onde deu conta e que "algo vai mal na comunicação do Benfica".

"O Benfica está a fazer ao contrário. Isto não incomoda nada os adversários nem os jornalistas. Acho que isto incomoda os adeptos e os sócios do Benfica. Acho que ficariam mais do lado da equipa, se a comunicação fosse boa", aconselhou o antigo jogador.

"Mas parece uma comunicação revoltada. Não sei se passam isso ao treinador ou se é o treinador que é assim", apontou Pedro Henriques, esperando que algo possa "melhorar" de acordo com aquilo que é o seu entendimento.

"Falta sensibilidade e bom senso de alguém tentar ajudar a uma melhor comunicação para os adeptos do Benfica. Não é para os jornalistas", insistiu o ex-futebolista profissional.

"Se o jogo próximo for da UEFA não vai falar para a UEFA? Isso é que eu gostava de ver"

"Tenho pena que um clube como o Benfica esteja a escolher este caminho porque não vai ajudar nada o Benfica", referiu ainda Pedro Henriques, admitindo que "isto não vai trazer os adeptos para o lado da equipa", numa altura em que Roger Schmidt é criticado, sobretudo entre os rivais do Benfica, que olham para o germânico e este lhes parece "um boneco de cera".

"É uma questão de comunicar bem", reiterou o ex-jogador, sublinhando que "é preciso ter habilidade para comunicar bem" e deixando ainda no ar uma questão sobre conferências de imprensa.

"Quando há jogos próximos o treinador do Benfica não fala. Então, se o jogo próximo for da UEFA não vai falar para a UEFA? Isso é que eu gostava de ver porque para a UEFA vai falar certamente", disse Pedro Henriques.