Portugal
Belenenses SAD vence Marítimo e ganha fôlego na luta pela manutenção
Redação
2021-04-17 21:35:00
Azuis batem adversário direto e ascendem ao 11.º lugar

Os golos de Miguel Cardoso e Francisco Teixeira deram hoje uma importante vitória ao Belenenses SAD, por 2-0, na receção ao Marítimo, em jogo da 27.ª jornada da I Liga de futebol.

Miguel Cardoso colocou o Belenenses SAD a vencer aos 37 minutos, através de uma grande penalidade, tendo Francisco Teixeira ‘selado’ o resultado, aos 88, depois de os insulares terem desperdiçado algumas boas oportunidades.

Na luta direta pela fuga à despromoção, apenas três pontos separavam as duas equipas à entrada para este jogo e, com este resultado, o Belenenses SAD ascende à 11.ª posição, com 30 pontos, enquanto o Marítimo permanece no 16.º e antepenúltimo posto, com 24.

Com os remates de Alipour, Caro e Jean Irmer, aos dois, três e 12 minutos, respetivamente, o Marítimo mostrou ao Belenenses SAD que vinha à procura da terceira vitória no quinto jogo da ‘era’ do treinador Júlio Velazquez.

Os comandados de Petit sentiram grandes dificuldades para conseguir colocar a bola em zona de remate e só com o avançar do cronómetro foram conseguindo equilibrar as forças, até que uma falta de Lucas Áfrico sobre Cassierra na grande área do Marítimo fez com que o árbitro leiriense António Nobre assinalasse grande penalidade.

Miguel Cardoso, aos 37 minutos, converteu o castigo máximo, rematando para o lado esquerdo do guarda-redes Amir Abedzadeh, que se atirou para o lado oposto.

O golo acabou por moralizar o Belenense SAD, que, aos 39 minutos, esteve perto de ampliar a contagem, mas Cassierra, que sairia lesionado do lance, falhou o alvo por muito pouco.

Na segunda parte, o treinador dos insulares, Júlio Velazquez, colocou em campo Rafik Guitane e Rodrigo Pinho, para os lugares de Jean Irmer e Pelágio, respetivamente, alterações que recolocaram o Marítimo a comandar as ações de jogo.

Aos 57 minutos, Joel Tagueu teve na cabeça a oportunidade de fazer a igualdade, já que estava na pequena área e pela frente apenas tinha o guarda-redes do Belenenses SAD, mas Kritciuk conseguiu defender para canto. Dois minutos depois Guitane, no coração da área, rematou ao lado.

O Marítimo agigantou-se e ia valendo ao Belenenses SAD o trabalho de Kritciuk, que, aos 62 minutos, voltou a ter uma excelente intervenção, ao defender novo remate de Joel Tagueu.

Perante o perigo, o Belenenses SAD recuou no terreno, Petit fez entrar o médio Bruno Ramires para o lugar do avançado Silvestre Varela, com o intuito de segurar os três pontos.

E foi numa altura em que o Belenenses SAD procurava evitar o empate que Francisco Teixeira, aos 88 minutos, numa jogada de ataque rápida, acabaria por sentenciar o jogo, ao fazer o 2-0.