Portugal
"Belenenses era um rival de Lisboa, agora a gente já nem sabe", diz Jorge Jesus
2020-10-26 22:30:00
Treinador do Benfica adianta que alguns jogadores começam a apresentar sinais de cansaço

O treinador do Benfica, Jorge Jesus, elogiou a organização do Belenenses SAD, numa partida que os encarnados venceram sem sofrer golos.

“O objetivo foi alcançado, vencemos mais um jogo. Um pormenor bom foi não sofrer golos, é tão importante como não sofrer. Fizemos dois golos, podíamos ter feito mais um ou outro, mas o importante foi vencer”, destacou o técnico, na entrevista rápida à BTV.

“Hoje não se fala do dérbi de Lisboa”, lamentou: “Eu estava habituado ao dérbi de Lisboa, o Belenenses era um rival, agora a gente já nem sabe se é Belenenses ou se é outra coisa, nem sabe se é um rival” de Lisboa.

Jorge Jesus assumiu que houve alturas em que o Belenenses “conseguiu disputar o jogo” com o Benfica e elogiou “o sistema muito amplo e profundo” do adversário, o qual “faz com que as equipas tenham de correr mais”.

Nas contas do técnico, foi o quarto jogo para o Benfica “em que não há tempo para recuperar”, com alguns jogadores a começarem a mostrar “sinais de fadiga”.

Na partida com o Liège, quinta-feira, para a Liga Europa, Jorge Jesus vai “ter de mexer outra vez”.

“Eu nunca mexo muito, mas em alguns jogadores já se notou que estavam com alguns limites de fadiga acumulada após três jogos consecutivos a um ritmo muito alto. O Benfica está em todas a frentes, vai haver uma rotatividade muito grande na equipa para que haja jogadores frescos na quinta-feira”, acrescentou.

“Agora vamos recuperar, quarta-feira, véspera do jogo, já vou perceber quem é que posso lançar ou não”, concluiu o técnico encarnado.