Portugal
"Atualmente, não há melhor central do que Rúben Dias", diz Pepe
Redação
2021-01-14 21:15:00
Capitão do FC Porto destaca a "inteligência" do defesa formado no Benfica

Pepe, defesa e capitão do FC Porto, deixou um rasgado elogio a Rúben Dias, central que passou pelo Benfica, na véspera do clássico para a 14.ª jornada da I Liga.

Para o portista, o colega de seleção é o melhor jogador português na posição que ambos ocupam, estando mesmo a um nível “top”.

“Para mim, [o melhor central português] é o Rúben Dias. Ele tornou-se num central ‘top’. Ele sabe isso, eu já lhe disse, não é por estar aqui a falar para a imprensa. Ele sabe aquilo que eu penso dele”, afirmou Pepe, em entrevista ao Expresso.

Para além de ser “um jogador super inteligente”, Rúben Dias, atualmente a representar o Manchester City, destaca-se também pela humildade e capacidade de aprendizagem.

“Lembro-me dele no Mundial, nós jantávamos e ele vinha sempre conversar comigo. Eu, o Cristiano Ronaldo e outros jogadores íamos dar uma volta, para fazer a digestão, e ele estava sempre ali a ouvir, quando tinha dúvidas perguntava-nos”, contou o central portista.

Colegas na Seleção Portuguesa, Pepe e Rúben Dias têm sido rivais em campo. O capitão do FC Porto garantiu que o relacionamento entre ambos é bom, rejeitando o preconceito de que os jogadores de clubes rivais andem sempre “a dar porrada” uns aos outros.

“As pessoas pensam que os jogadores se dão mal uns com os outros, a dar porrada, mas eu respeito-o muito, da mesma maneira que ele me respeita. Ele no Benfica e eu no FC Porto, no campo éramos rivais, mas fora não queríamos o mal um do outro. Eu digo-lhe que ele é o melhor”, garantiu Pepe.

Já esta temporada, os dois centrais voltaram a medir forças, na jornada inaugural do grupo C da Liga dos Campeões. Saiu a sorrir o ex-Benfica, com a vitória do City por 3-1. Na partida da quinta jornada (0-0), Pepe não esteve disponível, com Rúben Dias a ser novamente titular na formação inglesa.

“Atualmente, não há melhor do que ele. Não há, a realidade é essa e ele mostra-a todos os dias”, insistiu o defesa dos dragões.

Aos 37 anos, Pepe assume-se como um professor para Rúben Dias, 14 anos mais novo, dando-lhe o mesmo conselho que recebeu no início da carreira.

“Tens de mandar no teu terreno, a tua área. Se tu mandas no teu terreno, as coisas vão sair naturalmente”, concluiu.