Portugal
Arouca trava série vitoriosa do 'aflito' FC Porto B
Redação
2021-04-03 17:40:00
Arouquenses sonham com subida de divisão

O Arouca venceu hoje no terreno do FC Porto B por 3-0, na 27.ª jornada da II Liga de futebol, renovando assim a esperança na subida e interrompendo a série invencível dos ‘dragões’, que lutam pela manutenção.

André Silva, aos 23 minutos, João Basso, aos 63, e Heliardo, aos 90+5, marcaram para os arouquenses, colocando a equipa de Armando Evangelista na quinta posição com 44 pontos – a quatro do terceiro classificado.

Este desaire caseiro pôs fim à sequência de seis jogos sem derrotas – e duas vitórias seguidas – da formação B dos ‘dragões’, 16.ºs e antepenúltimos classificados, com 24 pontos, mais um do que o lanterna-vermelha.

O jogo começou equilibrado com as duas equipas a tentarem impor o seu modelo, mas, à medida que o tempo foi passando, o Arouca ficou mais confortável e André Silva ‘avisou’ por duas vezes antes de marcar, primeiro, num remate que testou a atenção de Ricardo Silva e, depois, ao chegar atrasado a um cruzamento de Arsénio.

Porém, a dupla passou à concretização, após um grande passe de Pedro Moreira descobrir Arsénio dentro de área, descaído pela esquerda, que cruzou rasteiro à meia volta e o avançado antecipou-se à defesa portista para inaugurar o marcador.

No minuto seguinte, o brasileiro entrou na área pela direita, fletiu para o meio e rematou para uma intervenção apertada de Ricardo Silva.

A formação comandada por António Folha ‘despertou’ depois da meia hora, incentivados por um remate em arco de João Mário para defesa atenta de Victor Braga, que voltou a estar em evidência ao ‘encaixar’ um remate de Danny Loader à entrada da área, naquela que foi a melhor jogada da formação ‘azul e branca’.

No regresso do intervalo, os ‘dragões’ entraram decididos a alterar o resultado: primeiro, Danny Loader, na pequena área, ‘disparou’ contra o rosto de Victor Braga, após uma incursão de João Mário e, alguns minutos depois, o extremo português atirou à trave da baliza dos visitantes.

No entanto, seria o Arouca a dilatar a vantagem na cobrança de um livre lateral levantado por Arsénio, com Basso a saltar mais alto e a cabecear sem hipóteses de defesa para Ricardo Silva.

A partir daí, o encontro esmoreceu e só os arouquenses voltaram a criar perigo, em contra-ataque, e já em tempo de desconto, quando, Heliardo, servido por Thales, descaído pelo lado esquerdo no interior da área, atirou cruzado e fez o resultado final.

 

Jogo realizado no Estádio Dr.º Jorge Sampaio, em Vila Nova de Gaia, Porto.

FC Porto B – Arouca: 0-3.

Ao intervalo: 0-1.

 

Marcadores:

André Silva aos 23 minutos.

João Basso, 63.

Heliardo, 90+5.

 

Equipas:

- FC Porto B: Ricardo Silva, Rodrigo Conceição, Tiago Matos (Gonçalo Borges, 68), João Marcelo, Malang Sarr, Carraça, Mor N’diaye (Rafael Pereira, 58), Rodrigo Valente (Boateng, 84), Bernardo Folha (Carlos Gabriel, 84), Danny Loader e João Mário (Igor Cássio, 77).

 (Suplentes: Ivan Cardoso, Johan Gómez, Rafael Pereira, Gonçalo Borges, Rodrigo Pinheiro, Pedro Justiniano, Carlos Gabriel, Boateng e Igor Cássio).

Treinador: António Folha.

- Arouca: Victor Braga, Thales, Basso, Sema Velászquez, Joel Ferreira, Pedro Moreira, Leandro Silva, Bukia (Adílio, 72), Pité (Yaw Moses, 83), Arsénio e André Silva (Heliardo, 77).

(Suplentes: Fernando Castro, Mateus Quaresma, Brunão, Marco Soares, Yaw Moses, Júnior Sena, Adílio, Heliardo e Caballero).

Treinador: Armando Evangelista.

 

Árbitro: Manuel Oliveira (AF Porto).

Ação disciplinar: cartão amarelo para Sarr (29), Velászquez (29), Thales (39) e Arsénio (83).

Assistência: Jogo realizado à porta fechada devido à pandemia de covid-19.