Portugal
“Aquilo que fizemos aqui hoje é para poucos”, diz Daniel Ramos
Redação
2021-04-26 21:40:00
“Se fosse pelo nível exibicional, Santa Clara merecia as competições europeias”, completa o treinador dos insulares

Daniel Ramos, treinador do Santa Clara, destacou a “grande exibição” da sua equipa, perante um adversário “forte”. E apesar da derrota, o técnico manifestou orgulho na exibição da sua equipa. Foi um bom jogo, com resultado incerto, domínio repartido em vários momentos, em que estivemos por cima. Um jogo muito bem conseguido da nossa parte. Conseguimos mostrar qualidade. Viemos jogar para ganhar, tal como fizemos com as outras equipas grandes. Faltou um bocadinho a estrelinha que nos tem fugido”, resumiu, na conferência de imprensa 

“Chegámos muitas vezes à baliza do Benfica e tivemos muitos remates. Ou foi ao lado, ou foi defendido, ou bateu em alguém. Uma ideia que passo à minha equipa é concluir a jogadas. Nós criamos muitas dificuldades, mas falta-nos concluir as jogadas, finalizarmos mais vezes. Hoje conseguimo-lo, mas faltou o golo", referiu ainda. 

O técnico sai derrotado do Estádio da Luz, mas também com “a sensação de que este é o caminho” certo para a sua equipa. “Em Alvalade e no Dragão fizemos a mesma coisa. E repetimos a ideia de jogo porque acreditamos nela. Aquilo que fizemos aqui hoje é para poucos. Ponto. Ficou demonstrada a nossa qualidade e isso dá-me prazer”, realçou. 

Daniel Ramos destaca que o Santa Clara apresentou frente ao Benfica “a mesma forma de pensar, de abordar o jogo”, não obstante a valia do adversário. “A equipa estava bem. E quando acreditamos neste tipo de processos e o desempenhamos de boa forma, temos mérito. Contrariámos a pressão do Benfica, corremos riscos, quase sempre bem, criámos muitas aproximações à área, muitos remates. O que é muito significativo, perante estes adversários de qualidade”, enfatizou. 

O técnico olha para a tabela classificativa e não foge à responsabilidade que os números exibem: os açorianos já garantiram o objetivo da manutenção e têm possibilidades de discutir um lugar nas competições europeias, até porque o Vitória de Guimarães perdeu com o Nacional.  

Temos 36 pontos. Se fosse pelo nível exibicional, o Santa Clara merecia ir às competições europeias. Temos muita qualidade e isso deveria ter prémio.  Não fugimos a isso. E se se proporcionar, lutaremos com unhas e dentes. Não definimos isso como objetivo, mas é uma possibilidade. Vamos lutar. Para podermos olhar para essa possibilidade, necessitamos de uma ponta final muito boa. Do ponto de vista exibicional, o Santa Clara mereceria ir às competições europeias. Comparando com os adversários, estamos muito bem. Vamos lutar o máximo que pudermos e veremos o que daí resulta”, concluiu.

O Santa Clara tem 36 pontos e está a dois do sexto lugar, que dá acesso às competições europeias.