Portugal
"APAF devia era apresentar queixa contra o Soares Dias. Arbitragem miserável"
2021-05-10 11:20:00
Arbitragem do clássico ainda dá que falar até porque estão por fazer as contas do acesso à Champions

O clássico entre Benfica e FC Porto, que terminou empatado a uma bola mas com muitas queixas de parte a parte para com a arbitragem de Artur Soares Dias, continua a dar que falar, até porque poderá ter um papel decisivo na atribuição do segundo lugar do campeonato, que dará entrada direita na fase de grupos da Liga dos Campeões da próxima temporada, com os dragões a levarem vantagem, nesta altura, sobre o Benfica, uma vez que a questão do título, que ainda não está fechada matematicamente, parece encaminhada para os leões.

Azuis e brancos e encarnados lamentaram já a atuação de Artur Soares Dias e Octávio Machado, antigo técnico dos dragões, sai a público para criticar uma arbitragem "miserável" daquele que dizem ser "o melhor árbitro português". "Se este é o melhor não sei quem é o pior", criticou o ex-treinador portista, certo de que o juiz da Associação de Futebol do Porto foi o "artista" do encontro.

Além disso, Octávio Machado considera que Artur Soares Dias conhece o protocolo do VAR e, por isso, não estranha as decisões tomadas em campo pelo juiz portuense. "No lance em que sabia que o VAR não podia atuar ele falhou", salientou Octávio Machado, aludindo ao lance no qual os encarnados reclamaram a exibição de um segundo amarelo a Pepe por pisão no pé de um jogador das águias.

Octávio Machado insistiu na CMTV que Artur Soares Dias protagonizou uma arbitragem "miserável" e que acabou por gerar protestos, logo mesmo no relvado, com Rui Costa, vice-presidente do Benfica, a ser expulso do banco encarnado.

Rui Costa foi alvo de uma suspensão de 16 dias, bem como multa de 1.020 euros, sendo que o Benfica irá recorrer da decisão para continuar a ter o 'maestro' no banco.

Entretanto, a Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol já indicou que irá apresentar queixa contra elementos do Benfica pelas realões à arbitragem de Soares Dias. Mas para o ex-treinador portista o indicado seria a APAF apresentar "queixa contra o Soares Dias".

Ainda em relação às contas do clássico e aos objetivos que faltam cumprir até final da época, Octávio Machado salientou que "há videntes" que já antecipam que o Benfica estará dois anos sem ir à fase de grupos da Liga dos Campeões, caso termine em terceiro e tenha de enfrentar as fases de apuramento.

"Cada vez é mais difícil o acesso à Liga dos Campeões. Não passar significa perder dois objetivos no início de temporada que é o objetivo financeiro e desportivo", lembrou Octávio Machado, realçando que nesta época o Benfica não ultrapassou o PAOK no acesso à Champions porque enfrentou uma eliminatória atípica, jogada a uma só mão e em casa do adversário.

O Benfica, de Jorge Jesus, acabaria por cair para a Liga Europa, onde ultrapassou a fase de grupos, caindo depois nos 16 avos de final frente ao Arsenal, de Londres.