Portugal
Amorim explica lágrima e revela que Varandas "não quer aparecer nesta fase"
2021-05-06 00:20:00
"É o nosso líder e está a fazer o papel dele", reforça o treinador do Sporting

O treinador do Sporting, Rúben Amorim, esclareceu a discrição do presidente, Frederico Varandas, numa altura em que os leões seguem embalados para a conquista do título nacional, que foge à formação verde e branca desde 2002.

“O presidente está sempre com a equipa. Temos sempre o apoio dele. Não quer aparecer nesta fase, mas está sempre próximo. É o nosso líder e está a fazer o papel dele”, respondeu Amorim, quando questionado sobre Varandas, durante a conferência de imprensa após a partida com o Rio Ave (0-2).

O técnico foi também desafiado a explicar um momento registado pela transmissão televisiva da partida, que deixou à vista uma lágrima no olho de Amorim. Emoção por sentir que o título está à mão? Não, “alergia”, explicou: “Gostava de dizer outra coisa mas é mesmo alergia, ando nisto há duas semanas, tenho alergia, tenho herpes. Se calhar é o stress... Emocionou-me, sou um rapaz sensível, mas não nesta fase e nesta altura. Por isso, é mesmo alergia”.

Ao derrotar o Rio Ave, o Sporting colocou-se, à condição, com nove pontos de vantagem sobre o FC Porto, que esta quinta-feira visita o Benfica, terceiro posicionado. “Se assumo a candidatura? Como vos disse, desde que esteja a três pontos, o objetivo é alcançável. Será de acordo com a situação na altura. O que eu queria mesmo era ganhar este jogo. Se o segundo classificado, o FC Porto, perder pontos, é melhor para nós”, admitiu.

“Não vamos estar aqui a fingir. É melhor que o segundo perca pontos”, continuou Rúben Amorim, desafiado a fazer uma rápida antevisão do clássico de amanhã: “Nós temos de ganhar os nossos jogos, fizemos o nosso trabalho e agora vamos começar uma nova semana”.