Portugal
"Amorim é contratação de génio independentemente de Sporting ser ou não campeão"
Redação
2021-04-22 15:00:00
Eduardo Barroso espera que Varandas não faça alterações no comando técnico

Rúben Amorim foi contratado pelo Sporting na última temporada e, depois de devolver esperança aos leões, acabaria por terminar em quarto lugar, sendo ultrapassado na ponta final de época pelo SC Braga na corrida por uma vaga direta na Liga Europa. O clube de Alvalade acabaria por 'cair' para as pré-eliminatórias, enquanto que os minhotos seguiram para a fase de grupos. Já na temporada 2020/21, o Sporting tentou entrar na Liga Europa mas acabou derrotado pelo LASK e cedo ficou afastado das provas europeias, focando-se, sobretudo, no campeonato e nas restantes provas internas.

O emblema liderado por Frederico Varandas acabaria por conquistar a Taça da Liga, em Leiria, frente ao SC Braga mas também cedo ficou afastado da disputa pela Taça de Portugal, cuja final será entre Benfica e SC Braga, no próximo mês. Mas se a nível das outras competições, com exceção da Taça da Liga, o Sporting foi averbando desaires, no campeonato a coisa parecia correr 'às mil maravilhas', até que uma viagem a Moreira de Cónegos colocou um travão na marcha vitoriosa do leão que tinha vários pontos de vantagem no topo para a restante concorrência.

Desde o jogo no Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas, no concelho de Guimarães, que o Sporting vai cedendo terreno e dando 'chama' ao dragão, que acredita que é possível revalidar o título conquistado na última temporada. O Sporting mostra uma quebra de resultados nesta ponta final do campeonato, tal como aconteceu na última temporada, sendo que nesta está em causa a luta pelo título enquanto que na anterior tratava-se de uma vaga na Liga Europa e um lugar de pódio na classificação final.

Apesar das coisas não estarem a correr dentro do esperado, o antigo presidente da Mesa da Assembleia Geral do Sporting, Eduardo Barroso, não altera a sua crença em relação a Rúben Amorim e diz que continua a confiar no treinador que, no decorrer desta época, renovou contrato com a SAD verde e branca.

Aconteça o que acontecer, e Eduardo Barroso pertence ao grupo de sportinguistas que acredita que o título será uma realidade ("Tenho as faixas em casa. Com dez pontos não tinha graça nenhuma"), o ex-dirigente diz a Frederico Varandas que não pense em substituir o treinador pois continua a pensar que Rúben Amorim é a pessoa indicada.

"Rúben Amorim foi qualquer coisa de fresco que apareceu no futebol português; foi uma contratação de génio, independentemente de o Sporting ser ou não ser campeão. Mas eu não ponho essa hipótese e acho que o Sporting vai ser campeão nacional", comentou Eduardo Barroso.

Em declarações na Renascença, o antigo líder da Mesa da Assembleia Geral verde e branca salientou ainda que os sócios do Sporting não podem ter memória curta e têm de perceber o contexto com que o leão avançou para esta temporada.

"O que o Sporting está a fazer esta época é fantástico. É evidente que será um revés muito grande para todos, porque se criaram expectativas de poder ganhar o campeonato", vaticinou Eduardo Barroso.

Em relação à equipa leonina, o ex-dirigente confia que esta possa dar boa resposta nas partidas que restam até final da temporada, mesmo que seja recheada de juventude. "É uma mescla, mas a maior parte dos jogadores são muito novos", disse Eduardo Barroso, certo de que "é uma equipa muito nova, feita à base da ‘prata da casa’, portanto, vamos ver o que dá o campeonato".