Portugal
"Acho difícil o Paulinho ir ao Dragão", admite Amorim
Redação
2021-02-20 23:05:00
"Não podemos ter dias de folga", revela o técnico leonino

O treinador do Sporting explicou a ausência de Paulinho no duelo frente ao Portimonense e assumiu que o internacional português poderá não recuperar a tempo do embate no Estádio do Dragão frente ao FC Porto na próxima jornada.

"Acho difícil o Paulinho ir ao Dragão", afirmou Rúben Amorim, justificando a lesão do avançado. "O Paulinho teve uma lesão no último treino. Não nos disse nada porque queria jogar, mas teve queixas à noite. Não faço ideia do tempo, parece-me que é difícil que vá ao Dragão", referiu o técnico verde e branco.

Em declarações aos jornalistas, o técnico líder do campeonato referiu ainda que a lesão foi comunicada pelo avançado ao corpo clínico verde e branco.

"O Paulinho sentiu uma dor no último treino, queixou-se ao médico mas não fez grande alarido da situação. Mas tem uma lesão que nós não sabemos a duração. É uma lesão que eu também já tive e pode ser pouco tempo ou mais tempo. Mas acho difícil estar pronto para o jogo contra o FC Porto".

Quanto ao duelo frente ao Portimonense, que os leões venceram, Amorim falou de um triunfo conquistado num terreno pesado face à chuva que tem caído no país.

"Tem sido um inverno rigoroso", comentou Amorim, certo de que o Sporting poderia ter vencido por uma margem maior do que o 2-0 final frente ao Portimonense, que deixa o leão com 13 pontos de vantagem, à condição, para o FC Porto, segundo classificado.

Rúben Amorim diz que o Sporting não pode abrandar o ritmo na corrida ao título que continua sem assumir. "Não podemos ter dias de folga, tivemos alguns defeitos, mas as mesmas virtudes na entrega", disse, não mudando uma vírgula no discurso do jogo a jogo.

"É um bom número, oitava vitória, descansamos, fazemos reset. Só pensamos jogo a jogo", confirmou Rúben Amorim.