Portugal
Académica vence Estoril nos descontos e assume liderança da II Liga
Redação
2021-02-07 09:30:00
Um 'bis' de Traquina colocou os estudantes no topo, em troca com os canarinhos

A Académica assumiu hoje a liderança da II Liga, ao vencer na deslocação ao reduto do Estoril Praia, por 2-1, em jogo da 19.ª jornada, com um triunfo selado nos descontos graças ao ‘bis’ de Traquina.

O Estádio António Coimbra da Mota prometia um duelo emotivo entre o primeiro e o terceiro classificado da prova, separados por apenas dois pontos (38 contra 36) e com o ‘vice’ Feirense (37) muito atento ao desfecho. E foi mesmo preciso esperar pelos minutos finais do encontro para se confirmarem as expectativas, com três golos nos derradeiros dez minutos.

Depois de uma primeira parte com ascendente claro do Estoril Praia e lances perigosos desperdiçados por André Clóvis (3), Bruno Lourenço (19 e 42) e Crespo (25), aos quais a Académica mostrava dificuldades para travar e responder, seguiu-se uma segunda parte menos bem jogada, mas mais intensa, sobretudo a partir da expulsão de Harramiz, aos 70 minutos, que deu alento à Académica para conseguir algo mais do que o nulo na Amoreira.

Os ‘estudantes’ cresceram no jogo face à inferioridade numérica do Estoril, mas foi só quando ficaram também reduzidos a 10 elementos, por expulsão de Dias (83), que encontraram o caminho do golo. Mohammed Bouldini fugiu pelo flanco esquerdo e rematou para defesa incompleta de Daniel Figueira, com a bola a sobrar para o desvio oportuno de Traquina para o golo da Académica, aos 85 minutos.

O Estoril reagiu e foi premiado logo de seguida com o empate, aos 88, através de João Gamboa, que converteu com êxito a grande penalidade cometida sobre Murilo. Com novo empate no marcador, desenhava-se um final imprevisível e com a equipa de Bruno Pinheiro a procurar a reviravolta, mas a ‘briosa’ ainda tinha uma última ‘partida’ para pregar aos ‘estorilistas’ e selou a vitória com um chapéu de classe de Traquina em período de descontos.

Com este triunfo, a Académica assegurou a subida ao primeiro lugar da II Liga, com 39 pontos, mais um do que o Estoril – que sofreu hoje a segunda derrota consecutiva na prova - e mais dois em relação ao Feirense, que venceu (2-1) nesta jornada o Vilafranquense, numa corrida pela promoção ao primeiro escalão que promete ser muito disputada até ao último dia.