Portugal
Bruno de Carvalho exorta sócios a interromperem AG caso detetem ilegalidades
2020-07-31 22:00:00
"A regra dos líderes fracos é reinar pela divisão", explica o ex-presidente do Sporting

Bruno de Carvalho, presidente destituído do Sporting, juntou-se à corrente que exige a destituição dos corpos sociais do clube de Alvalade.

Num longo texto que publicou no Facebook, o ex-dirigente avisou que há "coisas muito graves" a acontecer no Sporting e que as mesmas, "qualquer dia, podem não ter mais resolução".

Interrompendo as "férias" que tinha prometido fazer, insinuou que os atuais responsáveis pelo Sporting têm feito "telefonemas a pressionar" os núcleos, tendo mesmo feito "ameaças de os fechar ou de lhes retirar o reconhecimento oficial".

"Não interessa quem se enfrenta nem os supostos métodos que usam! Aquilo que verdadeiramente os sportinguistas quiserem é, ainda, o que se faz e é o que será aprovado", frisou.

Bruno de Carvalho exortou os sócios do Sporting a interromperem as Assembleias Gerais, caso detetem o uso de "métodos 'obscuros'", como "boletins de votos com códigos de barra, não aceitação de requerimentos, não leitura de atas, início de votações antes de terminada a discussão dos assuntos, etc".

"Interrompam as AG exigindo que se cumpram a Lei e os Estatutos e só deixem recomeçar quando a legalidade estiver garantida - não assistam a tudo 'impávidos e serenos' para depois se queixarem", reforçou.

Listando depois um conjunto de tópicos para "tudo isto ser possível", o ex-presidente leonino salientou que "a regra dos líderes fracos é reinar pela divisão e quanto mais todos se dividirem mais força dão aos que não a têm".

"Nunca escolham o caminho fácil do lamento e da queixa. Lutem, lutem até à exaustão pelo que acreditam", apelou.

"Não fiquem em casa nos dias das AG. Não deixem as AG decorrer com ilegalidades e com ações anti-estatutárias. O resto são 'desculpas' (mesmo sendo verdade que tudo aquilo existe). Ainda está, como sempre esteve até agora, nas vossas mãos. Agora decidam de vez: é Acorda Sporting ou A Corda Sporting", finalizou Bruno de Carvalho.