Portugal
"À parte do Dr. Madureira, sustentáculos são Sérgio e a Nossa Senhora de Fátima"
2023-11-29 09:50:00
"Só uma intervenção da santa, ao nível da engenharia financeira, permitirá transformar água em vinho", diz Sousa Tavares

Miguel Sousa Tavares está à espera que Pinto da Costa avance para nova recandidatura à presidência do FC Porto, ainda que note no discurso do histórico presidente dos azuis e brancos uma "repetição sem eco de frases feitas já sem efeito e humor gasto já sem circulação pelas confeitarias do Porto", tendo por base, por exemplo, a entrevista que deu há uma semana na SIC.

O escritor, conhecido portista e um dos opositores à gestão de Pinto da Costa, de há vários anos a esta parte, admite que Pinto da Costa esteja a organizar tudo para voltar a ter uma lista que se apresente às eleições no FC Porto, fazendo isso depender de algumas situações.

"À parte do contributo do Dr. Fernando Madureira, todos estes fatores dependem do contributo de dois outros sustentáculos da arruinada presidência de Pinto da Costa: o treinador e a Nossa Senhora de Fátima", apontou Miguel Sousa Tavares.

Neste sentido, para o escritor, "de facto, só uma intervenção da santa, ao nível da engenharia financeira, permitirá, em menos de um mês, transformar água em vinho ou o descalabro em sucesso."

Em declarações no Record, Miguel Sousa Tavares defendeu ainda a ideia de que tem reservas na forma como é que o FC Porto vai avançar com a construção da sua nova casa para a formação na Maia, sendo esse um dos projetos que Pinto da Costa já deu conta de que gostaria de ver arrancar em breve.

Nova casa da formação do FC Porto a nascer na Maia

A nova Academia FC Porto vai nascer na Maia, com o arranque da construção previsto para o primeiro trimestre de 2024. Até lá, o clube deverá comprar terrenos a privados e em hasta pública os que são do domínio da autarquia maiata, segundo deu conta, recentemente, o presidente da Câmara Municipal da Maia.

A Academia do FC Porto está a ser projetada por Manuel Salgado, o mesmo responsável pela construção do Estádio do Dragão, que recentemente cumpriu 20 anos de existência na vida do clube azul e branco.

De resto, o autor do projeto, já disse ao Porto Canal, a propósito da nova Academia do FC Porto que "o desenvolvimento do projeto segue um programa que responde às melhores práticas na formação de jovens atletas".

"O tema da sustentabilidade ambiental, da eficiência energética e da contenção dos custos de construção e exploração futura foram uma preocupação constante", assegurou Manuel Salgado.