Portugal
"A haver problemas com a gravidade descrita, exige intervenção de Rui Costa"
2024-06-12 12:20:00
"Lamento que algum dos intervenientes tenha passado a informação para fora do clube", diz ex-vice Braz Frade

O clima de instabilidade na Direção do Benfica está instalado. Luís Mendes, vice-presidente e administrador executivo da SAD, pode estar de saída do clube em rutura com alguns elementos que já estavam no Benfica na Direção de Luís Filipe Vieira, de acordo com a imprensa.

Nesse sentido, e depois de uma época em que o Benfica falhou quase todos os objetivos no que ao futebol profissional masculino diz respeito, João Braz Frade pede uma ação "imediata" a Rui Costa.

"A haver problemas com a gravidade descrita, exige intervenção de Rui Costa"

"A haver problemas, com a gravidade que é descrita na notícia, exige intervenção imediata do presidente e da Direção no sentido de o resolver rapidamente", pediu João Braz Frade, antigo vice-presidente do Benfica.

Em declarações ao Record, Braz Frade lamentou que o Benfica viva tal situação e critica que membros de dentro do Benfica tenham passado informações para o exterior.

"Lamento que, a haver conflito, que desconhecia, algum dos intervenientes tenha passado a informação para fora do clube", criticou João Braz Frade, realçando que a SAD está na bolsa e, por isso, não percebe este contexto criado.

"Ainda por cima, tratando-se de uma sociedade cotada, isto não devia acontecer", sublinhou o antigo vice-presidente do Benfica João Braz Frade.

Luís Mendes com várias áreas de negócio a seu cargo na SAD

  • Comercial e Marketing Financeiro;
  • HPD; Infraestruturas;
  • Jurídico;
  • Recursos Humanos;
  • Segurança; Tecnologias e Sistemas de Informação.

Luís Mendes, o 'braço direito' de Rui Costa

Luís Mendes ocupa um cargo de destaque na administração do Benfica. O vice-presidente é também administrador executivo e está com várias pastas sobre seu poder, como é o caso da centralização de direitos televisivos.

Luís Mendes ficou com várias pastas que estavam com Domingos Soares de Oliveira, que rumou para o futebol saudita, no passado mais recente.

Além da pasta da centralização dos direitos televisivos, Luís Mendes tem consigo responsabilidades na área de Comercial e Marketing Financeiro, HPD, Infraestruturas, Jurídico, Recursos Humanos, Segurança, Tecnologias e Sistemas de Informação.

O que pensa Luís Mendes sobre centralização de direitos televisivos?

Luís Mendes abordou recentemente a questão dos direitos televisivos e revelou aquilo que pensa sobre essa matéria. "O Benfica tem a ideia de que vale muito mais isoladamente do que integrado num processo de centralização. Por esse facto, para já, a nossa intenção é fazermos o nosso caminho sozinhos, e não estarmos integrados, pois temos exatamente esse entendimento. Contudo, sublinho, e deixo aqui isso em aberto, a possibilidade de podermos ir integrados desde que a proposta sirva os interesses económicos do Benfica", disse Luís Mendes, citado pelo site oficial das águias.