Portugal
"A chapa 20 milhões correu mal ao Benfica"
2023-01-19 09:40:00
"O St. Juste pelo menos está a jogar e não é empandeirado", diz ex-dirigente dos leões Carlos Barbosa da Cruz

O Benfica tem estado particularmente ativo nesta janela de transferências e ao Estádio da Luz já chegaram alguns reforços para Roger Schmidt, sendo que a rota nórdica volta, como em tempos, a ser preferêncial para os lados encarnados, algo que merece atenção do outro lado da Segunda Circular entre rivais das águias.

O sportinguista Carlos Barbosa da Cruz, antigo dirigente dos leões, realça que o Benfica alterou o paradigma de abordagem ao mercado de transferências e passou da "chapa 20" para contratações de outro perfil e com outros números financeiros envolvidos nestas operações negociais.

"Diminuiu-se o paradigma. Antes o Benfica era chapa 20. O Benfica comprava por 20 milhões. O Waldschmidt, o Cebolinha, o Pedrinho, o Weigl. E a chapa 20 correu mal. Destes nomes que eu citei nenhum está lá", referiu Carlos Barbosa da Cruz, apontando ainda o nome de Raul de Tomas neste leque.

"O Benfica passou do paradigma chapa 20 para um mais barato, que é bom", indicou o advogado e antigo dirigente do clube de Alvalade, fazendo notar que verifica uma "desproporção" entre o "alarido" que se faz quando chega um jogador ao Benfica e aquilo que depois rendem com a camisola encarnada vestida.

"Há uma clara desproporção entre o alarido que se faz e aquilo que o jogador, para já, realmente vale", disse Carlos Barbosa da Cruz, em declarações num programa de desporto do canal CMTV, onde aproveitou para dizer que falar em alguns nomes de ex-jogadores do Benfica causa desconforto entre os adeptos do clube da Luz.

"Se me falarem no Sinama-Pongolle ou no Hernan Barcos eu também me custa"

A este respeito, Carlos Barbosa da Cruz diz que até compreende o sentimento dos rivais da Luz e dá exemplos de contratações do clube de Alvalade que, ainda hoje, lhe causam desconforto.

"Se me falarem no Sinama-Pongolle ou no Hernan Barcos eu também me custa", confessou o antigo dirigente do Sporting, que foi ouvindo alguns recados de Mauro Xavier, conhecido adepto encarnado, sobre valores pagos pelo Sporting por jogadores como Paulinho e pelo central St. Juste.

E a estas 'indicações' de Mauro Xavier, Carlos Barbosa da Cruz deixou uma resposta. "O St. Juste pelo menos está a jogar e não é empandeirado como o João Victor e como o Lucas Veríssimo que eram bons na semana passada e que agora são para ir embora."

O Benfica tem, nesta altura, vários centrais à disposição de Roger Schmidt que até ao encerramento do mercado de transferências poderá perder algum, por forma a ajustar o plantel.