Motores
“Podia ter terminado nos cinco primeiros ou no pódio”, lamenta Miguel Oliveira
2020-07-26 17:10:00
Piloto português diz que é "dececionante não ter conseguido começar a corrida"

O piloto da KTM, Miguel Oliveira, sofreu um acidente na primeira curva do GP da Andaluzia de Moto GP e teve de abandonar a corrida, após ter largado da quinta posição, a melhor da sua carreira.

Em declarações reproduzidas pela Red Bull KTM Tech3, o português lamenta a forma como se desenrolou a corrida e considera que podia ter terminado nos cinco primeiros ou até no pódio.

“Foi um final dececionante de fim de semana. Depois de ver a corrida, arrisco-me a dizer que podia facilmente ter ficado nos 5 primeiros ou até no pódio. Por isso é dececionante não ter conseguido começar a corrida com o incidente logo na primeira curva”, afirmou Miguel Oliveira.

O piloto português refere que nada podia fazer para evitar o acidente e que é “normal” que os pilotos decidam mal o momento de travagem.

“Era a primeira curva e toda a gente quer ganhar posições, então é normal que às vezes se definam mal os pontos de travagem e sejamos demasiado otimistas”, comentou.

Por fim, Miguel Oliveira relembra que ainda faltam muitas corridas para o fim do Mundial e que a mira está no GP da República Checa, no circuito de Brno.