Motores
"Algo está mal, ou comigo ou com o meu carro". Vettel coloca o 'dedo na ferida'
2020-08-04 09:55:00
Piloto alemão desconfortável com performance do SF1000

Sebastian Vettel não compreende como é que a Ferrari continua a ficar para trás no Mundial de Fórmula 1 (F1) e quer respostas às interrogações que tem.

"Desta maneira, não vamos chegar a lado nenhum. Algo está mal, ou comigo ou com o meu carro", afirmou Vettel, desagradado para o domínio que a Merecedes vai revelando no campeonato de F1.

O piloto germânico acredita que "algo não está a bater certo" na sua forma de condução do SF1000.

"Não me senti confortável com o carro e, quando assim é, não podes atacar, só defender".

Citado pela RTL, o alemão queixou-se ainda das dificuldades que teve em manter em pista o carro.

"Quando tentava travar mais tarde e acelerar na curva, tinha muitas dificuldades para manter o carro na pista".

Vettel lamentou ainda que os outros pilotos fosse "mais rápidos" a circular.

"Senti muitas dificuldades a conduzir", queixou-se.

A equipa de Maranello, recorde-se, decidiu alterar o conceito do carro para 2020, neste que tem sido um ano de desafios.

A Ferrari está a tentar ter um maior equilíbrio entre curvas e retas, mas o efeito não está a ser positivo. De resto, mesmo nas fases de testes de pré-temporada, os pilotos da 'scuderia' já se vinham queixando destas mesmas dificuldades.