Modalidades
Sporting vence Benfica e está a um passo da final da liga de basquetebol
Redação
2021-05-08 21:40:00
Leões alcançam segundo triunfo nas meias-finais

O Sporting venceu hoje o Benfica, por 83-75, no segundo jogo das meias-finais da Liga portuguesa de basquetebol, disputado no pavilhão João Rocha, em Lisboa faltando-lhe apenas um triunfo para chegar à final.

O ‘play-off’ poderá ficar decidido no próximo dia 13 de maio, na Luz, caso os ‘leões’ voltem a vencer.

Depois do triunfo no primeiro encontro, por 92-86, ao Benfica apenas a vitória interessava, contudo os ‘encarnados’ apenas se podem queixar deles próprios, já que à semelhança do encontro anterior estiveram a vencer nos três primeiros parciais ‘caindo’ no último período, onde apenas marcou 12 pontos contra os 24 dos ‘leões’.

Travante Williams, com 21 pontos, e James Elissor e Diogo Araújo, com 14, foram os elementos em destaque no Sporting. Do lado da equipa visitante, Nicolas Moore e Brice Alford, com 14, foram os melhores marcadores.

O Benfica entrou melhor no encontro, beneficiando da ineficácia leonina nos lançamentos livres (62,5% contra os 81,8% dos ‘encarnados’) e venceu o primeiro parcial por 23-18, com Bryce Alford e Cameron Jackson, com oito pontos cada, a serem decisivos.

Mais equilibrado, o segundo parcial teve as equipas a ombrear pelo ponto ao longo dos 10 minutos, contudo o Sporting, nos últimos dois minutos, conseguiu superiorizar-se à equipa comandada por Carlos Lisboa e reduziu para um ponto a diferença no marcador (41-42), graças aos 23 pontos conquistados contra os 19 do emblema da Luz.

O ‘triplo’ de João Fernandes a abrir o terceiro parcial colocou o Sporting na frente do marcador pela primeira vez (44-43), deixando o Benfica em alerta para o que faltava do jogo, contudo, os ‘encarnados’ reagiram bem e voltaram a liderar o marcador graças aos pontos de Cameron Jackson, Brice Alford e o ‘triplo’ de Nicolas More (49-44).

Melhor disputada, esta segunda parte, as equipas foram alternando a liderança no marcador, com o Benfica a vencer, por 63-59, no final dos 30 minutos.

A diferença de quatro pontos fazia prever uma ponta final diabólica, tal como acontecera no primeiro jogo, e com dois ‘triplos’ abrir, de Diogo Araújo, a equipa treinada por Luís Magalhães igualou a partida, pelo meio houve o cesto de João Gomes, (65-65).

Aos 34 minutos, colocou-se a vencer (67-65) graças aos dois lançamentos livres convertidos por Travante Williams.

O Benfica bem procurou inverter a tendência do marcador, mas agravou-a chegando mesmo a estar a perder por sete pontos (77-70), e a 41 segundos do final perdia por seis (79-73), acabando por sucumbir por 83-75.

Jogo no Pavilhão João Rocha, em Lisboa.

Sporting - Benfica, 83-75.

Ao intervalo: 41-42.

Sob a arbitragem de Fernando Rocha, Sónia Teixeira e Carlos Santos, as equipas alinharam e marcaram:

- Sporting: Travante Williams (21), John Fields (8), Diogo Ventura (5), João Fernandes (10) e James Ellisor (14). Jogaram ainda Francisco Amiel (3), Shakir Smith, Cláudio Fonseca Diogo Araújo (14) e Micah Downs (8).

Treinador: Luís Magalhães.

- Benfica: Miller-Scott (2), Nicolas Moore (14), João Gomes (9), Bryce Alford (14) e Cameron Jackson (13). Jogaram ainda Eric Coleman (11), Fábio Lima, Tomás Barroso (3), Rafael Lisboa (4) e Arnette Hallman (5).

Treinador: Carlos Lisboa.

Marcha do marcador: 18-23 (10 minutos), 41-42 (intervalo), 59-63 (30) e 83-75 (resultado final).

Assistência: Jogo realizado à porta fechada devido à pandemia da covid-19.