Modalidades
“O que se passou foi vergonhoso!”, acusa Óquei de Barcelos
2021-09-20 10:50:00
Clube minhoto foi derrotado pelo FC Porto e aponta o dedo à arbitragem: “Esta direção vai estar vigilante”

A direção do Óquei Barcelos manifestou-se indignada com a arbitragem do jogo entre o clube minhoto e o FC Porto, relativo à primeira jornada do campeonato nacional de hóquei em patins, no Dragão Caixa, que os azuis e brancos venceram por 4-3.

Num comunicado divulgado após o jogo, A direção "expressa o mais profundo repúdio”, apontando o dedo à arbitragem: “Os protagonistas de qualquer jogo são, e assim devem continuar a ser, os jogadores. É não outros. Aos árbitros exige-se imparcialidade e retidão. Devem pugnar pela verdade desportiva. O que se passou foi tudo menos isto. Foi vergonhoso!”, aponta o clube.

“Foram exibidos cinco cartões azuis. Quatro deles para jogadores do OCB. A isto soma-se um número absolutamente desproporcional de faltas. Tudo somado, sete oportunidades de bola parada para o nosso adversário e largos minutos o OCB a jogar com menos um elemento”, critica ainda o clube de Barcelos, que ao intervalo vencia por 2-0 e viu o adversário operar a reviravolta no segundo tempo.

“Quem viu o jogo – felizmente foi transmitido e está gravado – não viu, certamente, um encontro agressivo. Queria ver hóquei em patins, protagonizado, repete-se, pelos jogadores de ambas as equipas”, expressa ainda a direção, que lembra que o Óquei de Barcelos “é uma instituição com longa história no hóquei em patins e exige respeito”.

A direção do clube minhoto lembra que o campeonato português é “o mais competitivo do mundo”, pelo que se exige “elevação e profissionalismo de todos os intervenientes”. Nesse sentido, faz um apelo à Federação de Patinagem de Portugal.

“Esta direção vai estar atenta a vigilante”, avisam os dirigentes do clube de Barcelos, que pedem para “que o que se passou não se repita”.

Em paralelo, os dirigentes apontam como “lamentável” que adeptos do emblema minhoto, “já com bilhete adquirido”, não tenham podido assistir ao jogo. “Não foi dada qualquer explicação para o sucedido”, sustentam.

“Temos os melhores adeptos do mundo! Se esta era já uma evidência e uma certeza, o que se passou está tarde só o veio reforçar. O OCB vai prosseguir o seu caminho, com objetivos bem definidos e travados”, pode ler-se no comunicado.