Modalidades
FC Porto agradece manifestações de apoio e cita frase de Quintana
Redação
2021-02-24 11:10:00
"Tenho lutado desde que era criança. Não sou um sobrevivente. Sou um guerreiro extraordinário"

O FC Porto destaca, na newsletter desta quarta-feira, uma frase de Alfredo Quintana, guarda-redes da equipa de andebol que se encontra internado, depois de ter sofrido uma paragem cardiorrespiratória. "Tenho lutado desde que era criança. Não sou um sobrevivente. Sou um guerreiro extraordinário", disse o luso-cubano, no ano passado. A ideia enquadra-se no momento que o atleta enfrenta e todos torcem para que as palavras de Quintana sejam o vaticínio da sua recuperação total.

Na comunicação aos adeptos, o clube da Invicta agradece a "todas as pessoas e entidades que se têm solidarizado com a situação". "O nosso sincero muito obrigado", realçam os dragões. E entre essas manifestações de apoio a Quintana está um gesto carregado de simbolismo, que ocorreu ontem: as equipas de andebol do Benfica e do Sporting prestaram um tributo.

No jogo antecipado da 22.ª jornada do campeonato, os encarnados, que defrontaram o Póvoa, entraram em campo com o nome de Quintana nas costas das camisolas de todos os jogadores da equipa. O Benfica tinha ainda uma camisola com uma mensagem de apoio ao guarda-redes do FC Porto: “Todos a torcer por ti. Força Quintana!”.

Já os leões, que jogaram com os suecos do Kristianstad, em jogo da Liga Europeia, também vestiram camisolas brancas com o nome de Quintana e o número um.

Hoje, o plantel de futebol uniu-se para enviar uma mensagem de apoio ao guarda-redes. 

O estado de saúde do guarda-redes da equipa de andebol do FC Porto e da seleção portuguesa, que na segunda-feira sofreu uma paragem cardiorrespiratória, “continua estável, mas com prognóstico reservado”.

Alfredo Quintana, de 32 anos, sofreu durante o treino de segunda-feira uma paragem cardiorrespiratória e, depois de ter sido assistido no local pelo INEM, foi transportado para o Hospital de São João, onde está internado na unidade de cuidados intensivos.

De acordo com o FC Porto, o estado de saúde do jogador luso-cubano, que representa os dragões desde 2010, “continua inalterável” em relação a segunda-feira e, assim que houver alterações, o clube fará a atualização da situação clínica.

Quintana, que desde 2014 representa a seleção nacional, tem sido um dos jogadores indiscutíveis do selecionador Paulo Jorge Pereira, tendo ajudado a levar a equipa de Portugal ao sexto lugar do Europeu de 2020 e ao 10.º lugar do Mundial de 2021.