Modalidades
"Conquistas nas modalidades são a boa herança que Bruno de Carvalho deixou"
2021-06-05 21:30:00
António Macedo defende que ex-presidente do Sporting teve influência nos sucessos das modalidades leoninas

A conquista do campeonato de basquetebol permitiu ao Sporting somar mais um sucesso nas modalidades. O feito merece ainda maior destaque porque os leões estiveram mais de duas décadas sem basquetebol, tenho conquistado um troféu que já não ganhavam há 39 anos. Só que, enquanto no futebol o mérito pertence também à direção de Frederico Varandas, no caso das modalidades há que realçar a “herança” de Bruno de Carvalho, defendeu António Macedo.

Conhecido adepto do Sporting, António Macedo insurgiu-se contra “o fantasma de Bruno de Carvalho” quando os leões venceram a I Liga de futebol. No comentário semanal para a Sport TV, o jornalista e locutor insistiu que o ex-presidente não teve qualquer influência no desempenho da equipa orientada por Rúben Amorim. No programa de ontem, Macedo insistiu em “fazer justiça” para com Bruno de Carvalho no caso das modalidades. “Esta justiça tenho que a fazer, eu não viro a cara ao que defendi, nem aos acontecimentos que têm a ver com o meu passado”, explicou-se.

“Trinta e nove anos depois, o Sporting é campeão nacional de basquetebol. Esteve 24 sem basquetebol. Esta vitória no basquetebol, tal como as vitórias internacionais no futsal e no hóquei em patins... Foram 15 títulos internacionais em seis modalidades de pavilhão, contra dois do Benfica e um do FC Porto (que foi no bilhar). Estas conquistas devem-se muito à herança que foi gerada, impulsionada e muito bem defendida durante os primeiros anos por Bruno de Carvalho”, afirmou o conhecido adepto dos leões.

“Não posso deixar de o acentuar, como sportinguista devo isto a Bruno de Carvalho. Como devo o Pavilhão João Rocha”, reforçou António Macedo, separando as modalidades do futebol, onde contestou “os zunzuns que havia de ‘brunistas’ por aí sobre a herança que ele tinha deixado”.

“Da mesma forma que disse que a conquista do título no futebol nada tinha que ver com ele, estas conquistas das modalidades são a boa herança que ele deixou e que, infelizmente, para mim, ele destruiu completamente e deitou fora”, reiterou António Macedo.

Uma tomada de posição que o jornalista e locutor tomou depois de ter publicamente criticado as “figurinhas” e outros “figurões” do universo leonino que, depois de se “pavonearem” no último processo eleitoral leonino, se tentaram associar ao mérito pela conquista do campeonato de futebol.

“Não há herança nenhuma de Bruno de Carvalho aqui. Eu quero dizer isto claramente: nem de Bruno de Carvalho, nem das figurinhas e dos figurões que andaram por aí a se pavonear na luta eleitoral do Sporting. Nada. Isto, se tem alguma marca, é marca do Rúben Amorim e desta última fase desta direção. Não há Bruno de Carvalho nisto. Bruno de Carvalho está morto e enterrado. É um fantasma que continua a pairar por aí, infeliz e perigosamente”, disse então António Macedo.

Semanas depois de ter conquistado os títulos europeus de futsal e de hóquei em patins, o Sporting derrotou o FC Porto no quinto e decisivo jogo do play-off de basquetebol, vencendo um título que fugia há 39 anos. Os leões ganharam o primeiro jogo do play-off, mas perderam o segundo e o terceiro, vencendo o quarto e forçando a 'negra'. Nesse encontro, a formação verde e branca ganhou por 86-85, com os dragões a contestarem duramente a arbitragem.