Modalidades
Benfica campeão mas... sem direito a taça e com críticas à Federação
Redação
2021-04-04 22:35:00
Águias dizem que só aceitam receber troféu na Casa do Benfica na Ilha Terceira

O Benfica sagrou-se campeão nacional de voleibol, neste domingo, mas entre festejos e euforia, o clube da Luz não deixa de manifestar a sua indignação, uma vez que a federação não entregou o troféu de campeão, acabando a equipa benfiquista por fazer uma 'taça' com recurso a garrafas de água. Em comunicado, as águias já reagiram ao sucedido e avisaram que o troféu terá de ser entregue na Casa do Benfica na Ilha Terceira, em sinal de agradecimento aos adeptos açorianos que embalaram as águias para mais um voo de sucesso na modalidade.

"A equipa masculina de voleibol do Sport Lisboa e Benfica conquistou, este domingo, o 9.º Campeonato Nacional da sua história, mas não mereceu por parte da Federação Portuguesa de Voleibol a entrega da devida Taça de Campeão", lamenta o emblema encarnado, em comunicado publicado na noite deste domingo no seu site oficial, referindo que o Benfica "manifesta surpresa e repúdio pelo sucedido, apenas explicável pela ausência de planeamento e organização por parte do organismo que tutela a modalidade em Portugal."

Em sinal de descontentamento para com a Federação Portuguesa de Voleibol e, ao mesmo tempo, como forma de agradecimento aos adeptos do Benfica nos Açores, o clube da Luz avisa a federação que terá de entregar o troféu de campeão na Casa do Benfica na Ilha Terceira. "A Direção do Sport Lisboa e Benfica comunica que apenas aceitará receber a Taça de Campeão Nacional na Casa do Benfica na Ilha Terceira, em sinal de gratidão por todo o apoio recebido durante os últimos dias, numa deslocação que culminou com a justa conquista do título, no pavilhão da excelente equipa da Fonte do Bastardo".

O Benfica conquistou o seu nono título de campeão nacional de voleibol, o segundo consecutivo, ao somar o terceiro triunfo na final frente ao Fonte do Bastardo, por 3-0. Depois de a competição de 2019/20 não ter terminado, devido à pandemia de covid-19, o Benfica revalidou o título conquistado em 2018/19, somando agora os mesmos nove triunfos do FC Porto, apenas superados por Sporting de Espinho (18) e pelo Técnico (13), na disputa à melhor de cinco jogos frente à formação da ilha Terceira, campeã em 2010/11 e 2015/15.

Na Praia da Vitória, os encarnados, vencedores da primeira fase da competição, voltaram a impor-se por 3-0 ao Fonte do Bastardo, que superou os lisboetas na série dos primeiros, por 27-25, 25-19 e 26-24, depois dos triunfos nos dois primeiros jogos, em casa (28-26, 25-15 e 28-26), no dia 27 de março, e no primeiro jogo no terreno dos Açorianos (25-19, 25-17 e 25-20).

O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, também já deixou uma mensagem de agradecimento ao grupo de trabalho por esta conquista para o clube encarnado. "Nas últimas oito épocas, o Benfica venceu seis campeonatos, consolidando dessa forma uma hegemonia clara no panorama nacional. Este campeonato, o nono da nossa história, permitiu-nos alcançar a terceira posição na lista dos clubes nacionais com mais títulos. Prosseguimos, dessa forma, o desejo e a ambição de todos nós, benfiquistas: sermos o clube com mais títulos em Portugal, também no voleibol."

Vieira diz que "o Benfica está de parabéns, assim como os jogadores, a equipa técnica e toda a estrutura envolvida". "A todos, o meu agradecimento por esta brilhante vitória e por todos os títulos que têm conquistado para o Museu Cosme Damião e, consequentemente, para a História do Sport Lisboa e Benfica. Obrigado, campeões", referiu o líder do clube lisboeta.