Modalidades
André Geraldes ilibado no caso Cashball
Redação
2021-04-12 21:15:00
Despacho de arquivamento, que saiu hoje, iliba o ex-dirigente do Sporting

O atual presidente da SAD do Estrela da Amadora, André Geraldes, dirigente do Sporting à data dos factos, foi ilibado no processo Cashball, que investigava suspeitas de corrupção, avança o jornal Record. 

O Ministério Público deduziu, no entanto, acusação a três arguidos, tendo como fundamentação diversas trocas de mensagens entre o denunciante, Paulo Silva, o empresário João Gonçalves e um ex-funcionário do Sporting, Gonçalo Rodrigues. 

Aquele diário desportivo avança que os três acusados respondem pela alegada prática de 14 crimes de corrupção ativa a árbitros de andebol. O clube de Alvalade, recorde-se, não tinha sido pronunciado.  

Recorde-se que seis dos sete arguidos do caso Cashball, entre os quais André Geraldes, já tinham sido ilibados de responsabilidades, na investigação da PJ, por falta de provas. 

De acordo com o relatório final da PJ, o arguido que não tinha sido ilibado era Paulo Silva, empresário que em março de 2018 denunciou o caso, quando assumiu ter sido mandatado, através de intermediários, para corromper árbitros de andebol e jogadores de futebol adversários, de modo a favorecerem o Sporting.