Modalidades
"A entrega de faixas de campeão no futsal não pode ficar refém", diz Benfica
Redação
2021-06-11 09:25:00
Clube da Luz queixa-se das arbitragens

O Benfica não se conforma com a derrota por 2-1 frente ao Sporting no terceiro jogo da final do campeonato nacional de futsal. As águias revelam que os leões alcançaram a vitória com um golo no qual, no entendimento benfiquista, a bola não ultrapassou totalmente a linha de baliza. Em comunicado, o clube liderado por Luís Filipe Vieira deixa fortes críticas à arbitragem do encontro.

"A entrega de faixas de campeão no futsal não pode ficar refém de estados de alma de quem dirige a modalidade e tem por missão defender a verdade desportiva", criticam os encarnados, na nota divulgada no site oficial, salientando ainda que, na Luz, se "lamenta que o jogo tenha sido decido por um golo em que a bola, manifestamente, não entra toda na baliza, como ditam as regras."

O clube da Luz exige por isso medidas por parte da Federação Portuguesa de Futebol, já que o "Benfica foi mais uma vez prejudicado". Por isso, "exige respeito quer por parte da Federação Portuguesa de Futebol quer por parte da arbitragem".

Embora desagradados com o resultado e com a atuação da equipa de arbitragem, o Benfica destaca a atitude demonstrada na quadra por parte dos seus jogadores.

"O Benfica quer ainda realçar o carácter dos seus atletas que, mesmo perante as adversidades, foram enormes na defesa do seu emblema", pode ler-se na publicação do emblema lisboeta.

Com a vitória no terceiro jogo do play-off da final do campeonato de futsal, o Sporting ficou a um triunfo de conquistar o título de campeão nacional na modalidade.

No próximo domingo, as duas equipas voltam a defrontar-se, desta feita no pavilhão da Luz. Em caso de vitória, os leões são campeões. Se o Benfica vencer, será necessário disputar um quinto jogo, no pavilhão João Rocha, a casa verde e branca.

Veja o lance que está na origem das críticas benfiquistas às arbitragens