Grande Futebol
"Esquecer os feitos quando são mais para Norte é um erro absoluto", diz Calisto
Redação
2020-12-15 14:50:00
Técnico critica pouca relevância dada aos feitos do FC Porto na Champions em contraponto com destaque dado à Liga Europa

O FC Porto é o único representante de uma liga chamada 'periférica' entre as 16 equipas qualificadas para os oitavos de final da Champions, onde estão clubes das denominadas 'big five', as cinco principais ligas europeias: Inglaterra, Espanha, Alemanha, Itália e França.

As campanhas europeias de sucesso dos portistas têm sido frequentes, sobretudo na Liga dos Campeões, mas Henrique Calisto, treinador português, lamenta que se tente colocar esta prova em segundo plano, destacando-se a competitividade que a Liga Europa ganha agora com a chegada de emblemas da Champions.

"Se calhar, porque o FC Porto tem ido várias vezes e já não é notícia", ironizou o técnico, em declarações no Porto Canal, com críticas à forma como os nortenhos são encarados em Portugal.

"Muitas vezes, um dos grandes problemas é quando alguém do Norte vai para Lisboa e tem poder quase que é absorvido pela cultura que diz que 'tudo o resto é província'", referiu Henrique Calisto, destacando que enaltecer os feitos de um clube, seja ele de que zona do país for, acaba por se tornar numa valorização nacional.

"Quando se realça o feito de um clube, realçam um feito de um país e de um povo. Esquecer os feitos quando são mais para Norte é um erro absoluto", sublinhou Henrique Calisto.

O técnico, que esteve vários anos no estrangeiro, diz que a forma como se olha a 'prova dos milhões', em Portugal, não encontra eco noutros países. Lá fora, "a Liga Europa não é tão apreciada como a Champions", defendeu Henrique Calisto, criticando que não se elogiem as vitórias dos comandados de Sérgio Conceição.

"As pessoas não valorizam. Porventura, valorizam muito mais quando outros clubes passam a fase de grupos da Liga Europa", afirmou Henrique Calisto, ciente de que as vitórias do FC Porto 'passam ao lado'.

"O FC Porto é desvalorizado em relação a estes feitos", assumiu, dizendo que a explicação até pode estar no facto de os dragões serem 'clientes' frequentes das fases adiantadas da Liga dos Campeões.

O FC Porto vai defrontar a Juventus, de Cristiano Ronaldo nos oitavos de final da Champions, de acordo com o sorteio realizado na sede da UEFA, em Nyon, na Suíça.

A 'vecchia signora' venceu o Grupo G, com 15 pontos, os mesmos que o Barcelona que ficou em segundo lugar, ficando o Dinamo Kiev em terceiro e o Ferencváros em último.