Grande Futebol
"Um penálti e sanções disciplinares poupadas ao Chelsea", queixa-se FC Porto
Redação
2021-04-08 09:15:00
"No FC Porto não se reclamam vitórias morais, que não existem", assinalam dragões

O FC Porto tem a vida complicada na Liga dos Campeões e só um jogo de superação na segunda mão dos quartos de final, na próxima semana, poderá alimentar a esperança azul e branca de continuidade na prova milionária. Depois de Sérgio Conceição ter criticado a arbitragem do jogo da primeira mão é agora a vez do clube portista alinhar pela mesma lógica do treinador dos nortenhos.

Fazendo eco das palavras de Sérgio Conceição, o FC Porto realça a arbitragem "penalizadora" e menciona aquilo que, no entender do emblema liderado por Pinto da Costa, prejudicou o FC Porto. "Um penálti por assinalar sobre Marega e sanções disciplinares poupadas a jogadores do Chelsea", refere o clube português, realçando que estes foram também "os casos apontados por Sérgio Conceição", não sendo também esquecido o recado que o treinador deixou aos órgãos decisores da UEFA de que "tem de haver respeito por um clube histórico como o FC Porto".

O emblema portista realça, nesta quinta-feira, que naquele clube "não se reclamam vitórias morais, que não existem, mas também não se esconde a frustração causada por jogos como o de ontem frente ao Chelsea". Nessa partida, diz o FC Porto, os dragões foram "quase sempre superiores, atacaram mais e remataram o dobro das vezes do adversário, mas foram claramente inferiores na eficácia e perderam por 2-0."

Apesar da desvantagem com que a equipa irá enfrentar o jogo da segunda mão desta eliminatória frente ao conjunto britânico, no mesmo estádio mas agora na condição de equipa visitante, o FC Porto confia numa resposta 'à Porto' da sua equipa. "A eliminatória está agora no intervalo e o único representante na Champions dos clubes que não pertencem aos cinco campeonatos mais ricos da Europa deu mostras de que tem nível para conseguir melhor na terça-feira, de novo em Sevilha."

Na newsletter oficial, nesta quinta-feira, o FC Porto destaca ainda a confiança que reina entre o plantel de que será possível dar a volta 'a texto' e ultrapassar os londrinos do Chelsea no jogo da segunda mão, precisamente em Sevilha, no Estádio Ramón Sánchez-Pizjuán. "Não há entre os campeões nacionais quem dê a eliminatória como entregue", assegura o FC Porto.

O FC Porto foi derrotado frente ao Chelsea por 2-0, falhando assim o objetivo que tinha para o duelo da primeira mão dos quartos de final da Liga dos Campeões que era o de marcar sem sofrer golos. A turma orientada por Sérgio Conceição perdeu por 2-0 na ‘receção’ ao Chelsea, em partida da Liga dos Campeões em futebol, disputada em Sevilha, Espanha, casa emprestada face aos impedimentos provocados pela pandemia de covid-19. Na próxima terça-feira, as duas equipas voltam a cruzar-se no mesmo palco, sendo que os ingleses partem em vantagem para chegarem às meias-finais da prova milionária da UEFA.