Grande Futebol
Tite: "Courtois teve sorte? Não. Esteve iluminado"
Mauro
2018-07-07 12:30:00
Tite analisou a derrota do Brasil frente à Bélgica e não quis falar do futuro.

Tite, selecionador brasileiro, ontem eliminado pela Bélgica nos quartos de final do Campeonato do Mundo que vai decorrendo na Rússia, elegeu Courtois como a grande figura da seleção belga, decisivo para o desfecho do encontro: "A Bélgica teve jogadores de alto nível, com competência e efetividade. Nos momentos essenciais o guarda-redes Thibaut Courtois esteve iluminado. Não acredito na sorte. Courtois teve sorte? Não. Esteve iluminado. Tivemos dois terços da partida na mão, com jogo de alto nível. A qualidade esteve dos dois lados. Expressei à minha comissão técnica o orgulho que senti por todos. Talvez haja faltado competência em algum momento, mas dedicação plena não. Em todos os momentos procurámos soluções", afirmou após o encontro.

Tite aproveitou ainda para defender Fernandinho, jogador que acabou muito visado pela crítica devido a uma exibição menos conseguida: "O Fernandinho joga muito e exercer a mesma função o Manchester City, um dos maiores clubes do mundo, com uma forma de atuar muito parecida com a nossa".

Sobre o futuro, porém, Tite não se quis alongar: "Não é o momento de falar do futuro. Daqui a duas semanas, poderemos avaliar as coisas com sangue frio. Não tenho intenção de falar de individualidades neste jogo, os belgas foram mais eficazes. Até me custa a dizer, mas foi um jogo tão bonito. Digo-o mesmo sentindo a dor de ter perdido".